Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Justiça

TJ derruba liminar e mantém oito horas

Administrativos estaduais continuam atendendo com horário ampliado

11 julho 2019 - 16h32Joilson Francelino

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), desembargador Paschoal Carmello Leandro, acaba derrubou a liminar que suspendeu o cumprimento das oito horas aos administrativos estaduais.

No pedido acatado pelo presidente do TJ, o estado alegou que a suspensão “acarreta lesão à ordem administrativa por retirar do governador o comando da administração do Executivo estadual, com gravíssima interferência sobre ato típico do Chefe do Executivo”.

Suspensão

O desembargador Ruy Celso Barbosa Florence, suspendeu na segunda-feira (8), em caráter liminar, o decreto que ampliava a jornada de trabalho dos servidores públicos de 6 para 8 horas por dia. A medida entrou em vigor no dia 1º de julho.

O governo foi notificado da decisão no final desta manhã e entrou com recurso, que foi acatado por Paschoal Leandro. Clique aqui e leia a decisão na íntegra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
CPI acusa Energisa de alterar resolução da Aneel para barrar perícia
Justiça
Assembleia fechará semestre em home office
Justiça
Reinaldo interpela o deputado Contar
Justiça
Veja a lista de escolas que terão desconto de até 25% nas mensalidades
Justiça
Justiça afasta adolescente de casa por abusar da irmã de 7 anos
Justiça
Farmácia terá que pagar R$ 20 mil à mulher que foi aliciada em atendimento
Justiça
Justiça: Uniderp demora a entregar diploma e pagará R$ 8 mil a estudante
Justiça
TCU determina devolução de auxílio recebido por militares
Justiça
Vídeo - Com filho nos braços, Karinne chora ao relembrar de assassinato do marido
Justiça
Justiça - Empresa de formatura terá que indenizar acadêmica coagida

Mais Lidas

Saúde
Brasil tem 23.473 mortes pelo novo coronavírus, diz ministério
Entrevista
Alexandre Magno, a nova voz do MP, ao vivo nesta terça
Política
Moro defende apuração de 'circunstâncias anormais' da exoneração de Valeixo
Brasil
Aeronáutica confirma 195 casos de coronavírus em escola da FAB