Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Justiça

TJ nega HC e Jamil segue preso em Mossoró

Três guardas municipais também tiveram liberdade negada

26 novembro 2019 - 15h50Joilson Francelino e Mauro Silva

O empresário Jamil Name acaba de ter habeas corpus negado pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) e permanecerá preso no Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

A defesa voltou a alegar a idade e estado de saúde de seu cliente para tentar livrá-lo da cadeia. O relator do processo, juiz Waldir Marques, teve acesso ao relatório de condições do chefe da milícia em Mossoró, e atestou ser boa a situação na qual Jamil está submetido, além disso, o empresário teria repetido o que fez no Centro de Triagem de Campo Grande, quando negou atendimento médico. Por 3 votos a 0, Jamil permanecerá preso.

Após a negativa, a defesa do empresário disse que “não sabe quanto tempo ele aguenta no presídio". “Próximo relatório vou pedir a lei de proteção aos animais”, disparou René Siufi.

Guardas

Também por unanimidade, a 2ª Câmara negou pedido de liberdade aos guardas municipais Alcinei Arantes da Silva, Igor Cunha de Souza, Rafael Carmo Peixoto Ribeiro, presos por envolvimento com a milícia.

Os três ainda aguardam o procedimento administrativo que está sendo feito pela Corregedoria da Guarda Municipal e que vai apurar a conduta dos servidores. Se comprovada a participação deles na milícia, eles serão expulsos da corporação assim como aconteceu com o ex-guarda, Marcelo Rios.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça quer diálogo antes de decidir sobre “fechamento”
Justiça
MPF quer que Valdemiro pague indenização por falsa cura do coronavírus com feijões
Justiça
"Fecha ou não fecha", Justiça dá três dias para Marquinhos se posicionar
Justiça
TJ bate recorde em julho
Justiça
Para não "estimular" mais crimes, Justiça mantém condenação por furto de bicicleta
Justiça
Metalfrio é impedida de demissão coletiva sem negociação com sindicato
Justiça
TJ recua e só 'reabre' dia 23 de agosto
Justiça
MP diz que ação conjunta nas ruas já mostra resultados
Justiça
Casal consegue divórcio por Whatsapp no MS
Justiça
Por decisão do STF, contas de bolsonaristas no Twitter são retiradas do ar

Mais Lidas

Polícia
Homem é preso ao ser flagrado com arma roubada de guarda municipal
Esportes
Covid-19: final em Minas é suspensa Uberlândia identificar 13 infectados
Saúde
ERRATA: Enfermeiro luta contra o coronavírus na capital
Cidade
Prefeitura vai prorrogar “Refis da Saúde” até dia 20