Menu
Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024
TJMS Maio24
Justiça

'Vitinho do Carandiru' é condenado a 10 anos de prisão por homicídio em Campo Grande

Ele foi considerado culpado pelo homicídio de Mikael Douglas Sobrinho, de 22 anos, ocorrido em 2022

24 abril 2024 - 08h00Vinícius Santos

Victor Hugo de Matos Rech, o 'Vitinho do Carandiru', foi condenado ontem, terça-feira (23), pelo assassinato de Mikael Douglas Sobrinho, de 22 anos. O julgamento ocorreu no Tribunal do Juri, que o considerou culpado de homicídio doloso com a qualificadora do recurso que dificultou a defesa da vítima.

Foi definida pela Justiça uma pena de 10 (dez) anos de reclusão para Vitinho do Carandiru, que será cumprida em regime fechado. Atualmente, ele se encontra preso.

CRIME - O corpo da vítima foi encontrado carbonizado, algemado e com marcas de tiros na Rua Marques de Herval, no Bairro Nova Lima, na madrugada de 5 de outubro de 2022. 

Circulação de vídeo nas redes sociais - após o crime, nas redes sociais, um vídeo supostamente gravado pelos responsáveis pelo homicídio de Mikael Douglas Sobrinho começou a circular. 

O vídeo não apresenta o momento exato do disparo, assista:

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Urna eleitoral eletrônica
Justiça
Concluído: testes em urnas eletrônicas reiteram que sistema de votação é seguro
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Cristiano Zanin
Justiça
Zanin suspende por 60 dias decisão de reoneração da folha de pagamentos
Prédio do Fórum de Campo Grande passa por reformas e contará com novo monumento
Justiça
Concurso escolherá monumento do Fórum da Capital
STF; justiça
Justiça
STF julga assédio judicial contra jornalistas
STJ decide que demora em fila de banco não gera dano moral presumido
Justiça
STJ decide que demora em fila de banco não gera dano moral presumido
Imagem: Arquivo/
Justiça
MPMS se posiciona contra anulação de acordo para desmatamento no Parque dos Poderes
Tiago Vargas e Lívio Viana Leite -
Justiça
Tiago Vargas é condenado por coação contra médico da Ageprev
TSE começa a julgar recursos para cassação de Moro
Justiça
TSE começa a julgar recursos para cassação de Moro
Treta no estabelecimento terminou com um homem ferido e um PM preso
Justiça
PM que atirou em homem em bar na Capital tem acusação 'aliviada' pelo MPMS
A condenação se deu por lesão corporal leve e injúria estando em serviço
Justiça
Juiz manda prender homem acusado de matar mulher queimada em MS

Mais Lidas

Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Política
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Sem vergonha, homem se esfrega em mulher durante show evangélico; vídeo
Polícia
Sem vergonha, homem se esfrega em mulher durante show evangélico; vídeo
Ele estava levando um passageiro quando o acidente aconteceu; os dois foram socorridos pelo SAMU
Polícia
JD1TV AGORA: Motoqueiro de aplicativo acerta árvore em rua do Centenário
Conhecido como 'Fumaça', Ricardo Vera, era muito conhecido no mundo do crime
Polícia
Corpo encontrado com pés e mãos amarradas e amordaçado é identificado