Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Prefeitura Refis Junho24
Meio Ambiente

Após chuva, bueiros de Porto Alegre transbordam e alagam novas regiões da cidade

Prefeito da capital gaúcha, Sebastião Melo, disse que a prefeitura não foi pega de surpresa

23 maio 2024 - 18h32Carla Andréa, com g1

A chuva retornou com força a Porto Alegre na madrugada desta quinta-feira (23), e voltou a deixar ruas e avenidas da capital gaúcha alagadas.

Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o volume de chuva em 15 horas ultrapassou os 100 milímetros na Zona Sul da capital.

O problema é que em alguns bairros de Porto Alegre, a água subiu pelos bueiros, alagando regiões que ainda não tinham sido afetadas. Mas o diretor do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), Maurício Loss, negou que tenha ocorrido um "colapso" no sistema de drenagem na cidade.

Segundo Loss, o barro levado pelas cheias das últimas semanas secou, trancando as galerias pluviais, que funcionam no escoamento da água da chuva.

Foram registrados problemas nas zonas central, Norte e Sul, em bairros como Centro Histórico, Menino Deus, Cidade Baixa, Praia de Belas, Ipanema, Cavalhada, São Geraldo, Moradas da Hípica, Santa Fé, Restinga, entre outros. Não há um levantamento oficial de quantos bairros foram afetados.

"Aquilo que era um problema das áreas alagadas estendeu-se, praticamente, a toda cidade com essa chuvarada", disse o prefeito da capital gaúcha, Sebastião Melo (MDB).

Diante desse cenário, o governo suspendeu as aulas nas redes pública e privada nesta sexta-feira (24). A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informou 86 ocorrências de alagamento, sendo 55 ruas e avenidas bloqueadas totalmente e 23 parcialmente.

E segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), o rio Guaíba chegou a sofrer uma elevação de 14 centímetros.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fogo se espalha durante incêndio no Pantanal, em Corumbá (MS)
Meio Ambiente
Incêndios disparam no Pantanal e já registra seca recorde no rio Paraguai
Bombeiros atuando contra os incêndios florestais
Meio Ambiente
Bombeiros de MS atuam para controlar chamas em diferentes áreas do Pantanal
Cerimônia de assinatura aconteceu em Brasília (DF)
Meio Ambiente
MS firma pacto interfederativo de prevenção e controle de incêndios no Pantanal
IV Fórum MS de Arborização para Cidades Sustentáveis
Meio Ambiente
Capital recebe Fórum de Arborização para Cidades Sustentáveis
Sacos de areia sendo colocados nas comportas
Meio Ambiente
Sem portões, prefeitura de Porto Alegre coloca sacos de areia em comportas do Guaíba
Capitão do CBMMS, Rodrigo Bueno
Meio Ambiente
JD1TV: "Cenário de filme", diz Capitão dos bombeiros de MS sobre enchentes no RS
Seca matou botos na Amazônia
Meio Ambiente
Seca extrema na Amazônia matou 200 botos em 2023
Desastre no Rio Grande do Sul
Meio Ambiente
RS tem alta possibilidade de chuva e deslizamento de terra, prevê boletim
Povos indígenas são afetados pelas enchentes no RS
Meio Ambiente
Aldeias indígenas são afetas pelas enchentes no RS e 466 famílias estão desabrigadas
Enchentes no RS
Meio Ambiente
Guaíba registra menor patamar desde o início das chuvas no RS

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima