Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - Junho21
Polícia

Ação rápida da polícia recolhe 16 celulares de presídio feminino na fronteira

No presídio, 93 internas passaram por revistas e tiveram suas celas verificadas

09 fevereiro 2019 - 12h57Marcos Tenório

Agentes das polícias Civil, Militar e Guarda Civil Municipal desencadearam a Operação Fronteira Segura e conseguiu recolher 16 celulares e quase meio quilo de droga, no presídio Feminino em Ponta Porã, na manhã desta sexta-feira (8). A ação ocorreu horas após um princípio de rebelião na unidade penal na fronteira.

De acordo com o site o Porã News, no presídio 93 internas passaram por revistas e tiveram suas celas verificadas. E cães farejadores  do Exército Brasileiro foram utilizados para localizar drogas.

Rebelião

Internas, supostas integrantes do Comando Vermelho (CV) teriam intenção de executar uma integrante de uma facção rival no interior do presídio, na última quinta-feira (7). A rebelião foi rapidamente controlada pelas forças de segurança pública.

Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Vídeo: Pistoleiro invade rodoviária e mata vítima com tiros na cabeça em MS
Polícia
Jovem de 16 anos é apreendido e homem é preso por tráfico de drogas
Polícia
Na Vila Marcos Roberto, homem é encontrado morto
Polícia
Homem é esfaqueado com canivete após negar emprestar dinheiro
Polícia
Polícia encontra carro abandonado com 40 kg de maconha
Polícia
Choque encontra Land Rover horas após roubo de quadrilha armada
Polícia
Após denúncia, oito pessoas são presas com diversas armas e munições
Polícia
Polícia localiza bunker do tráfico e 2 adolescentes de 16 anos são detidos
Polícia
Vídeo: Traficante confronta policiais e acaba baleado
Polícia
Proprietários são multados em R$ 30 mil por degradação de matas

Mais Lidas

Geral
Ex-chiquitita ganha Porsche no 1º Dia dos Namorados
Geral
Vídeo: cadeiradas e vassouradas rolam soltas em 'quebra pau' no MC Donald's
Internacional
Em 40 segundos, pescador é engolido e cuspido vivo por baleia jubarte
Geral
Sérgio Murilo deve deixar secretaria