Menu
Busca terça, 10 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Polícia

Acusado de feminicídio diz que “matou criança para não deixar sozinha”

Marcos Fioravanti Neto matou a namorada e a filha de um mês a facadas

28 novembro 2018 - 11h22Da redação

Após ter confessado o assassinato da namorada Maiana Barbosa de Oliveira, 20 anos, e a filha Dandara, de um mês. Marcos Fioravanti Neto, 22 anos, relatou ao advogado José Teixeira que teria recebido autorização “de cima” para cometer o crime que chocou o MS nesta semana. 

As vítimas foram mortas na noite de domingo (25) em uma residência localizada na rua Humaitá, na região do Jardim São Pedro, em Dourados. Após o duplo homicídio, Marcos fugiu de bicicleta até Vicentina, furtou uma moto e seguiu para a cidade de Glória de Dourados onde acabou preso ao tentar roubar uma idosa. 

A delegada Paula Ribeiro dos Santos, da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Glória de Dourados, acompanha o caso e disse que o acusado já declarou várias versões sobre o duplo feminicídio cometido em Dourados. Marcos divaga, ora diz que recebeu um chamado de “cima” para cometer o crime, e ora diz que pretendia terminar o namoro, mas ela não aceitava e dizia que ele se arrependeria. Existem informações, que ele chegou a pensar em queimar os corpos na rua, mas decidiu deixar na casa, um ao lado do outro sobre um colchão.

De acordo com Paula, apesar das divergências durante a oitiva, o rapaz confessou ter assassinado a facadas a namorada Maiana Barbosa de Oliveira e a filha Dandara, de apenas um mês. Ele teria chegado a dizer que matou a criança, pois, sabia que seria preso e não queria que ela ficasse sozinha. Ao que tudo indica, Marcos asfixiou Maiana e depois a golpeou com uma faca, matando a filha em seguida.

“Houve conversa entre eles, que estavam deitados lado a lado. Ele dá várias versões sobre os motivos”, disse a delegada sem se aprofundar no assunto. 

José Teixeira, o advogado que acompanha o caso, e estuda se fará a defesa, afirmou que o acusado disse que não havia utilizado drogas e estava com o estado emocional ‘normal’. No entanto, o advogado explicou à imprensa que o diálogo do acusado é completamente desconexo e não faz sentido para justificar o caso.

“A gente conversou, mas infelizmente ele balbucia algumas coisas que não fazer tanto sentido. Nenhuma criança ou menina de 20 anos merece ter a vida retirada. Então todas as justificativas que ele deu não fazem muito nexo. Ele disse que recebeu autorização para fazer isso de cima”, disse o advogado.

Problemas mentais

José Teixeira disse que desde os 13 anos, Marcos Fioravanti Neto enfrenta problemas com drogas e esquizofrenia.

“Ele já foi internado na Fazendo da Esperança duas vezes, já esteve também na ala psiquiátrica do Hospital San Juan. Em Dourados, a família tentou interná-lo no HU, mas, não foi possível pois só contamos com quatro leitos”, explicou.

O advogado ressaltou que, a expectativa é conseguir transferir o rapaz para uma clínica psiquiátrica, ao invés de deixá-lo em presídio. Ele deve ser encaminhado à Penitenciária Estadual de Dourados (PED), mas de lá serão feitas tentativas de internação. 

Marcos Fioravanti Neto continua detido na Delegacia de Polícia em Glória de Dourados. Ele foi autuado por roubo e está isolado em uma cela ao lado de outra contendo seis presos. A prisão preventiva de Marcos foi pedida. 

Conforme o site Dourados News, Marcos e Maiana se conheceram há alguns meses e o rapaz chegou a frequentar a casa de familiares da vítima, porém, conforme relatado por ele à polícia, o relacionamento entre ambos começou após a jovem engravidar. 

O sepultamento causou comoção em Rio Brilhante, onde Maiana morava. A jovem era estudante de História da UFGD.

 

PMCG - Cidade do Natal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Fazendeiro é avisado por telefonema que sua vaca foi abatida e roubada
Polícia
Marido espanca e prende esposa dentro de casa
Polícia
Irmãos são executados a tiros em bar
Polícia
Genro diz que matou sogro após ouvir que seria atropelado
Polícia
Bandido invade casa e mata idoso a pauladas para roubar
Polícia
Homem agride esposa e se esconde da polícia em baixo de carro
Polícia
Mecânicos são presos por pesca em piracema
Polícia
Criança de dois anos morre em acidente fatal
Polícia
Assassinato de índios Guajajara provocam manifestação em rodovia
Polícia
Juiz determina volta de Jamil Name para Campo Grande

Mais Lidas

Geral
Silvio Haddad lança livro sobre vinhos nesta terça
Brasil
''Forças Armadas garantem a democracia'', diz Bolsonaro
Política
Dagoberto chama manifestante de "maluco" e diz que projeto ainda não foi votado
Polícia
Fazendeiro é avisado por telefonema que sua vaca foi abatida e roubada