Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Polícia

Advogado é suspeito de roubo em restaurante da capital

Rafael Haredias e outros três comparsas teriam levado dinheiro e os celulares das vítimas

11 novembro 2019 - 10h15Sarah Chaves

O Batalhão de Choque da Polícia Militar está a procura do advogado Rafael Heredias Marques, 30 anos, suspeito de roubar o restaurante de espetinhos, Cozinha da Lurds, na noite de domingo (10), no Jardim Seminário,  juntamente com Weslley e Oliveira, 27 anos, Davi Everson, 31 anos, que ainda não foram localizados, e Moises Barrios de Sousa, 21 anos, que já está preso.

De acordo com o boletim, a polícia foi acionada pela proprietária do local que afirmou que o roubo ao restaurante foi com emprego de arma de fogo. Os autores fugiram em um veículo branco, que foi localizado abandonado na rua Álvaro Moura esquina com Avenida Hélio Martins Coelho, no bairro Bom Retiro.

Ainda de acordo com a polícia, uma testemunha que viu os bandidos deixarem o carro no local disse ter reconhecido Rafael Heredias, o que foi confirmado após a polícia verificar que o veículo estava registrado em nome do advogado.

Foi feita varredura no perímetro não sendo localizado nenhum dos autores naquele instante. As diligências prosseguiram até que fosse encontrado um indivíduo em atitude suspeita próximo ao carro, aparentando nervosismo e com as vestes todas sujas de barro, Moises Barrios, ao ser abordado e questionado sobre sua presença no local, entrou em contradição por diversas vezes. E sobre o roubo acabou por confessar que teria participação no fato, sendo reconhecido pela vítima.

Moises informou que sua função no crime seria de motorista do veículo e relatou que os autores Rafael e outros comparsas entraram no estabelecimento e cometeram o roubo depois mesmos teriam divido os produtos levados, e que os aparelhos celulares teriam ficado em posse do bando.

Os outros autores teriam se dividido e tomado rumo ignorado. Diante dos fatos o veículo utilizado no roubo foi entregue na Delegacia Especializada de Roubo/Furto (Derf),  e Moisés na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

O presidente a Ordem dos Advogados (OAB/MS) Mansour Elias Karmouche disse ao JD1 Notícias, que se Rafael Heredias for realmente autor do crime, responderá pelos seus atos “A OAB irá analisar a conduta do advogado e pode abrir procedimento, onde será encaminhado para o Tribunal de Ética para o afastamento liminar do suspeito”, reforça Mansour que  quando o analisado está envolvido em um crime e diante da gravidade a OAB pode afastar liminarmente.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Mecânicos são presos por pesca em piracema
Polícia
Criança de dois anos morre em acidente fatal
Polícia
Assassinato de índios Guajajara provocam manifestação em rodovia
Polícia
Juiz determina volta de Jamil Name para Campo Grande
Polícia
Bombeiros são informados que homem que procuravam estava em casa dormindo
Polícia
Mãe pede ajuda para encontrar filho que desapareceu no Parati
Polícia
Vídeo - Assaltantes roubam mercado Bom Preço
Polícia
Duas pessoas morreram em grave acidente na BR-262
Polícia
Presos confeccionam e barateiam custo de uniforme escolar
Polícia
Homem morre preso nas ferragens do carro após acidente

Mais Lidas

Geral
Ninguém acerta e mega-sena acumula em R$25 milhões
Polícia
Mecânicos são presos por pesca em piracema
Política
Bolsonaro diz que seu governo honra militares e respeita o povo
Política
Governo prevê ampliar cobertura do Bolsa Família