Menu
Busca segunda, 26 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Polícia

Carro encontrado incendiado pode ter sido usado em homicídio no Los Angeles

Veículo foi localizado em uma estrada vicinal que dá acesso ao lixão da cidade

26 maio 2023 - 08h25Luiz Vinicius

Durante a noite desta quinta-feira (25), um Chevrolet Ônix, de cor branca, foi encontrado incendiado em uma estrada vicinal que dá acesso ao lixão, na região do bairro Los Angeles, em Campo Grande. A suspeita é que o veículo tenha sido utilizado pelo pistoleiro no assassinato de Jairo Lourenço da Silva, de 23 anos, na tarde de quarta-feira (24), também no Los Angeles.

Conforme atualização no boletim de ocorrência, a Polícia Civil tomou conhecimento após os primeiros trabalhos feitos pelo Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.

Um investigador deslocou até a rua Engenheiro Paulo Frontin, local do incêndio do veículo, e visualizou que realmente se tratava de um Ônix com as mesmas características usadas no homicídio de Jairo.

Diante da suspeita, foi solicitada a remoção do carro por um guincho para o pátio da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, onde será feita a perícia complementar nesta sexta-feira (26).

Na checagem realizada, o veículo é de Brasília, no Distrito Federal, e não consta nos sistema de polícia registro de roubo ou furto.

Câmera - Nas imagens de câmera de segurança de uma residência próxima ao ocorrido, é possível notar a aproximação do Chevrolet Ônix na casa de Jairo, Jefferson e Márcia. Em um primeiro, o carro estaciona e logo depois o atirador desce e vai em direção ao portão da residência.

A ação criminosa, conforme aponta o relógio, dura cerca de um minuto entre o pistoleiro atirar diversas vezes, ser atingido por supostamente um golpe, correr para o carro e fugir do local em destino ignorado.

Nas imagens, a princípio, é possível perceber também a presença de um segundo carro que aparenta estar dando 'suporte' para o atirador.

Possível mandante - A Polícia Civil já trabalha com a possibilidade de um nome ser o mandante do crime. Trata-se de Tiago Paixão Almeida, que também teria sido o mandante da execução a tiros de Henrique Lourenço da Silva, de 22 anos, em janeiro de 2021, no Jardim Tijuca.

Eliane Lourenço, mãe de Jairo, Jefferson e Henrique, explicou sobre uma possível rixa com o "chefão" do Tijuca, se referindo a Tiago Paixão, e que diante dessa perseguição, ela acabou perdendo os dois filhos mais novos

A motivação dos crimes contra os irmãos seria uma rixa entre o filho mais velho, no caso Jefferson, e o responsável pela morte do mais novo, Henrique.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Repórter registra boletim de ocorrência contra mascote do Internacional por assédio sexual
Polícia
Uma criança de 3 anos morreu queimada em um incêndio
Polícia
Denúncias no Ligue 180 tiveram alta de 25% em 2023
Polícia
Caminhão cai dentro de ponte após motorista perder o controle de direção
Polícia
Trabalhador é encontrado morto em estrada de fazenda em Nova Andradina
Polícia
Assaltante baleado no Coronel Antonino foi alvejado por trio em moto
Polícia
Menino de 11 anos mata aula com primo e desaparece ao nadar no Rio Miranda
Polícia
JD1TV: Ladrão é baleado depois de assaltar pedestre no Coronel Antonino
Polícia
JD1TV: Adolescente enforca cachorro ao vivo para cumprir regra de jogo da internet
Polícia
Mulher é esfaqueada no pescoço durante briga com o namorado em Selvíria

Mais Lidas

Polícia
AGORA: Casal morre após carro bater em carreta na BR-163, em Campo Grande
Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Cantor apanha após dançar com mulher durante baile em chácara do Bonança
Polícia
Cadeirante é encontrado morto em avançado estado de decomposição