Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Polícia

Com medo da esposa, homem inventa sequestro relâmpago

A vítima teria saído com uma mulher para um “programa sexual”

26 março 2020 - 10h11Da redação

Um homem de 33 anos, afirmou à polícia ter sofrido um sequestro relâmpago no último dia 13 de março, mas após investigações, a Polícia Civil de Três Lagoas descobriu que a vítima inventou o crime para não dizer a sua esposa que foi roubado após pagar para se relacionar com uma mulher.

De acordo com o site “Rádio Caçula”, no dia do suposto crime, a vítima, 33 anos, informou à polícia que estava fumando um cigarro próximo a um hotel, em Campo Grande, momento em que foi abordado por duas pessoas que estavam em um carro preto.

Após ser rendida, a vítima foi levada até um matagal, onde foi amarrado e teve seu cartão roubado, sendo obrigado a dizer sua senha da conta bancária, objeto usado pelos bandidos para realizarem diversas compras pela cidade.

Porém, o crime relato como um sequestro não passava de um roubo, isso porque foi descoberto pelos policiais que a vítima havia pagado uma mulher para realizar “programas sexuais e utilizar crack”, como afirma o site.

Ao saírem a pé do motel, o casal foi rendido pelo homem e a mulher logo disse ao comparsa, que não teria recebido pelo valor do programa, foi quando seu comparsa obrigou o operador de guindaste a entregar seu cartão com a senha.

O casal suspeito utilizou o cartão em comércios da região, cujos comerciantes passavam o cartão nas máquinas de recebimento, algumas vezes sem que compras eram realizadas, e cobravam taxas por tal operação, ou seja, um tipo de cobrança de juros de empréstimos de dinheiro.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou que tal pratica era comum entre alguns comerciantes daquela região, razão pela qual também poderão ser responsabilizados.

O casal investigado foi levado a sede da SIG para esclarecimentos e ambos negaram qualquer conduta criminosa, alegando que agiram com anuência da vítima, o que não é verdade. A polícia acredita que o casal investigado fizeram outras vítimas aplicando o mesmo golpe.

Em suas declarações, a suposta vítima alegou que não falou a verdade à polícia por ser casado. Diante os fatos, foi instaurado inquérito policial e ao final, remetido à Justiça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Jovem é denunciado pelo pai após furtar TV em troca de drogas
Polícia
Indígenas são presos por violência doméstica e ameaça de morte
Polícia
Fugitivo condenado a mais de 20 anos de prisão é encontrado
Polícia
Homem é preso e pagará 10 mil por contrabandear agrotóxicos
Polícia
Trio é preso escondendo 72 kg de maconha dentro de casa
Polícia
Dona de fábrica escondia funcionários em banheiro para passar por fiscalização
Polícia
Mulher e adolescente são presas traficando skank
Polícia
Após ser espancada e mantida em cárcere pelo marido, mulher foge por buraco em parede
Polícia
Homem é preso com maconha após se perder em rodovia
Polícia
Mãe teme que filho desaparecido possa estar morto

Mais Lidas

Política
Vídeo - Alcolumbre se diz curado do coronavírus e apoia isolamento
Cidade
Coronavírus - Detran alerta a importância de higienizar veículos
Saúde
MPT define medidas sanitárias para o transporte coletivo urbano
Geral
Isolamento social no MS é monitorado por sistema inteligente