Menu
Busca quinta, 05 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Comerciante é encontrada morta com facadas no pescoço

Marcelina foi encontrada morta por vizinhos dentro de casa

14 abril 2019 - 15h50Graziella Almeida com Rio Brilhante em Tempo Real

Marcelina Robles de Cardoso, de 55 anos foi encontrada morta a golpes de faca, na manhã deste domingo (14), dentro da sua residência, em Rio Brilhante. A vítima era comerciante e foi vista pela última vez em frente ao estabelecimento.

Segundo informações do site Rio Brilhante em Tempo Real, vizinhos escutaram os gritos vindos da casa da vítima e chamaram os filhos da mesma para irem até a residência da mãe. Chegando ao local, os filhos encontraram Marcelina morta com facadas no pescoço.

Conforme os filhos, a vítima vivia sozinha e trabalhava como comerciante. Eles afirmam ter visto a mãe pela última vez às 23 horas do sábado (13), enquanto trabalhava.

A casa de Marcelina estava revirada e uma suposta quantia em dinheiro sumiu, a Polícia Civil acredita em latrocínio, mas não descarta a hipótese de ser um crime de feminicidio.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Recém ‘’cadastrados’’ no PCC, casal é preso com cocaína
Polícia
PM lança “Operação Boas Festas” nesta sexta-feira
Polícia
Vídeo: “Bunitinho” morre baleado em operação na favela
Polícia
Mulher diz que matou idoso para se defender de agressões
Polícia
Restos mortais de corpo são encontrados dentro de tambor na fronteira
Polícia
Mulher é espancada ao cobrar dívida de funcionária de salão de beleza
Polícia
Morre coordenadora da Apae que teve carro atingido por trem
Polícia
Após assaltar bancos, bandidos fogem com 'escudo humano'
Polícia
Idosa é agredida por torcer para time rival
Polícia
PF realiza operação contra tráfico em três cidades do MS

Mais Lidas

Polícia
Baiano Zé de Lessa, líder da facção BDM, é morto pela polícia de MS
Polícia
Duas mulheres e uma adolescente são mortas a tiros
Polícia
Mulher é espancada ao cobrar dívida de funcionária de salão de beleza
Geral
Pague Menos faz promoção enganosa e é pega pelo Procon-MS