Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Família de Gabrielly pede justiça e organiza passeata

Marcada para ocorrer em frente a escola, a passeata deve reunir centenas de pessoas no Nova Lima

28 dezembro 2018 - 12h19Da redação

Familiares de Gabrielly Ximenes Souza, 10 anos, organizam uma passeata e manifestos pedindo por justiça e celeridade no caso da menina que morreu no dia 6 de dezembro, uma semana depois de ser agredida por uma aluna na saída da escola.

A manifestação ocorre dia 06 de janeiro de 2019, ás 10h e tem como local de encontro a igreja Batista localizada na rua Dos Poetas, Nova Lima. Os participantes levarão faixas e vestirão camisetas com imagens da criança, e depois de se reunirem irão a pé até a escola Lino Vilachá, onde devem manifestar por justiça na frente ao local.

Beatriz Ximenes, 39 anos, mãe de Gabrielly disse ao JD1 que o laudo médico identificando a causa morte deve sair dia 26 de janeiro. Ela acredita que o resultado seja devido a agressão e novamente relatou o descaso e mal atendimento médico que a filha recebeu. “Ela não tinha histórico de doença, nada, era uma garota alegre, prestativa, eles [os médicos] deveriam ter examinado melhor, ter dado mais atenção” disse Beatriz.

Questionada se a família recebeu algum tipo de apoio psicológico do setor público, Beatriz afirmou, que até o momento ninguém procurou a família. “Não recebemos ajuda de ninguém, nem da escola, nem de psicólogos, nada, só amigos e família mesmo”.

Gabrielly era boa aluna, já havia passado de série no 3° bimestre, e por esses motivos o bullying era frequente na escola. A mãe da menor relata que a tristeza toma conta, e que se o fato tivesse sido alertado pela escola antes a morte teria sido evitada. Para ela, o fundamental é que haja rapidez e que a justiça seja feita.

 “Nós queremos justiça, não a feita com as próprias mãos, queremos a justiça dos homens. Tudo começou com o bullying na escola, chamavam minha filha de puxa-saco, quatro olhos, e etc, isso tudo porque ela era prestativa, inteligente. Eu não desejo que isso aconteça com ninguém, nem para o meu pior inimigo”, desabafou a mãe.

 

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Polícia investiga estupro de criança de quatro anos em Três Lagoas
Polícia
Deco deflagra "Operação Impetus" nas penitenciárias do estado
Polícia
Por conta de som alto, briga entre vizinhos termina com um baleado
Polícia
Pai e madrasta de bebê morto por agressão vão a juri popular
Polícia
Avô agride filha e tenta atear fogo em neto
Polícia
Alunos destroem câmeras de segurança e defecam no pátio de escola
Polícia
Gaeco cumpre mandados em Água Clara
Polícia
Imagens fortes - Mais um é executado em menos de 24 horas na fronteira
Polícia
Bebê de nove meses é abandonado, em Dourados
Polícia
Pedófilo é preso por engravidar menina de 11 anos

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Imagens fortes - Mais um é executado em menos de 24 horas na fronteira
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira
Polícia
Adolescente é estuprada por quatro homens em Aquidauana