Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae - Portas Abertas
Polícia

Marido espanca esposa grávida e acaba preso ao visitá-la no hospital

Ela apanhou na frente dos outros filhos

05 agosto 2020 - 10h51Marcos Tenório

Um homem, de 37 anos, foi levado para a delegacia de Ponta Porã, depois de espancar a esposa de 41 anos grávida. Ela apanhou na frente dos outros filhos, e acabou parando no hospital.

Conforme o boletim de ocorrência, as agressões começaram por volta das 20h45 dessa terça-feira (4) quando o homem chegou embriagado pedindo dinheiro para a mulher, a desculpa era que ele queria visitar a sua mãe. Mas, ela se recusou a dar dinheiro ao marido.

Ele ficou alterado e começou a agredir a esposa com tapas no rosto e a enforcá-la. No momento em que a polícia foi chamada, o autor pulou o muro da casa fugindo. A vítima foi levada para o hospital, já que sua gravidez é de risco.

Quando estava sendo atendida no hospital, o marido apareceu e acabou preso. Tanto vítima quanto autor foram encaminhados para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Agepan e Detran realização operação contra transporte clandestino
Polícia
Colombiano sobe em poste de energia, cai de uma altura de cinco metros e morre
Polícia
Falsos policiais militares aplicavam golpes em produtores rurais no interior do estado
Polícia
Homem que ameaçava ex-companheira é preso tentando se esconder em buraco
Polícia
Homem é baleado próximo a escola infantil no Alves Pereira
Polícia
Vídeo: homem ameaça esfaquear mulher e é imobilizado por policiais
Polícia
Motoentregador é assaltado no Centenário e cliente reclama da demora da entrega
Polícia
PMA autua pela segunda vez nas últimas 24 horas usina sucroenergética em R$ 408 mil
Polícia
Mulher perde R$6 mil em golpe pelo WhatsApp
Polícia
Pastor “cai no pecado” e morre após ser encontrado em casa de prostituição

Mais Lidas

Geral
Confira a agenda de lives para esta sexta-feira
Geral
CRMV-MS traz veterinários que atuaram em Brumadinho para ajudar no combate ao incêndio do pantanal
Cidade
Após 20 anos vivendo na irregularidade, 215 famílias de Bodoquena receberão título de propriedade
Justiça
Espaço de eventos indenizará em R$ 20 mil casal por falta de água durante casamento