Menu
Menu
Busca sexta, 21 de junho de 2024
Gov Detran Jun24
Polícia

Natali vivia relacionamento abusivo e foi agredida por Cleber quando estava grávida

Mãe da jovem prestou depoimento e relatou ter dado conselhos para tentar salvar a filha

04 julho 2023 - 11h25Luiz Vinicius

Natali Gabrieli da Silva de Souza, de 18 anos, foi mais uma vítima de feminicídio em Campo Grande e vivia um relacionamento abusivo com seu marido Cleber Correa Gomez, de 30 anos. A trágica morte da jovem aconteceu nas primeiras horas da manhã do último sábado (1°), no Parque do Lageado.

Ela foi esfaqueada por mais de 15 vezes pelo companheiro, após uma discussão e uma briga enquanto acontecia uma festa na casa do casal. O acusado chegou a quebrar o celular da vítima e posteriormente golpeá-la com uma garrafa na cabeça antes de consumar o crime.

Nesta terça-feira (4), a mãe da jovem passou por depoimento na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e relatou que era visível o quanto Natali vivia em um relacionamento abusivo, pois Cleber era ciumento e controlador. A família está sendo assistida pelos advogados Katiussa do Prado Jara, Pablo Neves Chaves e Camila Garcia de Rezende, que estão contribuindo para o andar das investigações e processo.

Em um dos trechos do seu depoimento, a mãe da jovem relatou que nunca soube de qualquer ameaça de morte de Cleber contra Natali, mas que sabia que o rapaz batia na mulher, inclusive, uma das agressões teria acontecido enquanto ela estava grávida da filha do casal, de 1 ano e 4 meses.

Durante a conversa com a polícia, a mãe também afirmou que chegou a dar vários conselhos para Natali se livrar do relacionamento, mas sua filha gostava muito de Cleber. Após ter ido morar com o companheiro, a jovem mudou de comportamento, passando de uma pessoa alegre e família, para uma pessoa muito triste.

A jovem foi assassinada com mais de 15 golpes de facas que atingiram seu pescoço, braço e tórax. A polícia informou havia uma festa na casa da jovem, mas por ciúmes, houve uma discussão entre o casal e Cleber chegou a quebrar o celular da vítima e posteriormente golpeá-la com uma garrafa na cabeça.

A Perícia Científica encontrou cacos de vidro e manchas de sangue na residência. O caso ainda segue sendo investigado e novas testemunhas estarão sendo ouvidas.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prisão foi feita pela DHPP
Polícia
Bolacha comida e passada de mão em amiga levou suspeito a esfaquear jovem na Capital
Polícia Civil esteve na empresa em que aconteceu o acidente de trabalho
Polícia
Trabalhador morreu prensado após esquecer de puxar freio de mão de caminhão
Pneus 'facilitaram' incêndio que destruiu borracharia na Mascarenhas de Moraes
Polícia
Pneus 'facilitaram' incêndio que destruiu borracharia na Mascarenhas de Moraes
Motociclista fica em estado grave após bater em poste no Coronel Antonino
Polícia
Motociclista fica em estado grave após bater em poste no Coronel Antonino
Bandidos que quase mataram idoso no Iracy Coelho durante roubo são presos pela DERF
Polícia
Bandidos que quase mataram idoso no Iracy Coelho durante roubo são presos pela DERF
JD1TV AGORA: Borracharia é 'destruída' durante incêndio na Mascarenhas
Polícia
JD1TV AGORA: Borracharia é 'destruída' durante incêndio na Mascarenhas
JD1TV AGORA: Trabalhador morre ao ser prensado por carreta na Gury Marques
Polícia
JD1TV AGORA: Trabalhador morre ao ser prensado por carreta na Gury Marques
Homem é preso por chamar a mãe de 'capeta' em Juti
Polícia
Homem é preso por chamar a mãe de 'capeta' em Juti
Caminhoneiro morre 'descansando' da viagem em pátio de posto da Capital
Polícia
Caminhoneiro morre 'descansando' da viagem em pátio de posto da Capital
Imagem Ilustrativa
Polícia
Criança de 2 anos é resgatada pela PRF na BR-060 ao ser achada andando sozinha

Mais Lidas

Breno Souza Firmino, de apenas 16 anos, atuava como volante na equipe SUB-17 da Portuguesa
Polícia
Adolescente de time de MS morre na Capital
Antes e depois do entorno no empreendimento
Cidade
'Cracolândia' da região da Antiga Rodoviária ganha empreendimento privado
Leonildo Herrero atuou por 38 anos na Santa Casa da Capital
Geral
Morre o médico Leonildo Herrero
Marcelo Batista Chaves foi surpreendido pelos atiradores, que estavam de moto e fugiram logo após efetuar os disparos
Polícia
Campo-grandense é morto a tiros ao chegar no Paraguai para fazer compras