Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Política

Antonio Russo apresenta PL que proíbe corte de verbas para sanidade animal e vegetal

25 setembro 2011 - 10h35Divulgação

O senador Antonio Russo (PR-MS) apresentou projeto de lei (PLS 591/2011) que impede o contingenciamento de verbas destinadas ao controle sanitário animal e vegetal. Ou seja, se a proposta for aprovada, o Executivo ficará obrigado a investir o total de recursos previstos no orçamento geral da união para o setor.

Antonio Russo demonstrou preocupação com o anúncio de foco de febre aftosa no Paraguai e defendeu a criação de uma força-tarefa entre Brasil, Argentina e Paraguai para combater o problema. Russo ainda ressaltou ser imprescindível a vigilância constante na fronteira a fim de impedir a passagem de gado clandestino.

Em 2005, o município sul-mato-grossense de Eldorado foi acometido pelo foco da doença. Apesar de todas as medidas necessárias terem sido tomadas, o senador lembrou que apenas este ano, após o eficiente trabalho da Seprotur, o estado conseguiu o certificado de área livre de aftosa. "Não podemos agora, diante desta ameaça e da falta de prioridade nos gastos com sanidade animal, perder esta conquista", disse.

Antonio Russo lembrou ainda que o Brasil detém o maior rebanho bovino do mundo com cerca de 210 milhões de cabeças, o que faz com que o controle sanitário seja essencial para nossas exportações para não sofrermos os efeitos do embargo internacional.

Na justificativa do projeto, o senador por Mato Grosso do Sul, também citou o caso da contaminação de hortaliças pela bactéria Escherichia coli (E. coli) na Europa, no primeiro semestre de 2011. Ele destacou os enormes prejuízos financeiros e de saúde provocados pela bactéria.

"Estes exemplos demonstram que a questão da sanidade merece grande atenção. Aqui no Brasil, não podemos aprovar dotação orçamentária e, posteriormente, deixar o Poder Executivo contingenciar tais recursos. Isso pode impossibilitar a implantação de ações de defesa animal e vegetal no País", afirmou.

O projeto vai passar pelas Comissões de Assuntos Sociais e de Assuntos Econômicos do Senado.

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Presidente da Câmara dos Deputados afirma que PEC da Guerra não será prorrogada
Política
FETEMS fará debate
Política
Confira a agenda dos candidatos nos bairros da capital nesta sexta
Política
AO VIVO: O que Cris Duarte quer fazer por Campo Grande?
Política
Vídeo: Bolsonaro visita Pazuello, um dia após diagnóstico de covid
Política
Pesquisa mostra terceira via em Corumbá
Política
VÍDEO: Candidato a vereador em MS é assaltado durante live
Política
Eleições 2020: Marquinhos fará entrevista ao vivo no JD1 às 17h
Política
Senador flagrado com dinheiro nas nádegas pede licença por 90 dias
Política
AO VIVO: O que Guto Scarpanti quer fazer por Campo Grande?

Mais Lidas

Justiça
Fachin julgará recurso de Reinaldo no STF
Cidade
Prefeitura entrega prêmios do 5º sorteio da Nota Premiada
Justiça
Candidato do PSL terá que pagar multa e retirar vídeo do ar
Política
Presidente da Câmara dos Deputados afirma que PEC da Guerra não será prorrogada