Menu
Busca sábado, 01 de abril de 2023
(67) 99647-9098
Política

Com ministra, Riedel reafirma compromisso com "paz no campo"

Reunião do governador com Sônia Guajajara ocorreu ontem à tarde

19 março 2023 - 08h41Pedro Molina
Prefeitura Mobile

O governador Eduardo Riedel e a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, se reuniram neste sábado (18) para dar início aos diálogos entre os governos Federal e do Estado para solucionar os problemas dos povos originários em território sul-mato-grossense.

A ministra chegou em Campo Grande na manhã de ontem, e logo após desembarcar seguiu de carro até Rio Brilhante, a 150 quilômetros da Capital, para checar a situação dos indígenas durante a retomada dos territórios Laranjeira Nhanderu. Após a vistoria, a ministra retornou à Campo Grande para uma reunião com o governador Eduardo Riedel, secretários de Estado, ministros, deputados federais e estadual, lideranças indígenas e o presidente Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Femasul), Marcelo Bertoni.

Durante a reunião, um dos pontos discutidos foi a busca de uma alternativa para evitar novos conflitos fundiários, e uma das soluções encontrada foi a aquisição de terras tituladas, que já teve sinalização da destinação de fundos por parte do Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO). “Mato Grosso do Sul vai perseguir esse caminho que passa pela aquisição de algumas áreas específicas. É um caminho que não é de hoje, é uma construção de muitos anos e que a ministra traz aqui como uma possibilidade que tenha realmente a conclusão dos conflitos”, disse o governador.

A ministra destacou o compromisso da pasta e do governo do Estado para solucionarem a insegurança jurídica em torno da propriedade das terras.

“Estamos dispostos a retomar espaço de diálogo para que a gente possa avançar na demarcação de terras indígenas no Brasil e em Mato Grosso do Sul e, para isso, é importante estabelecer esse diálogo com o Governo do Estado, com a instância representativa dos produtores para que a gente possa encontrar uma alternativa comum”, comentou.

Falando em nome da ministra Simone Tebet, o assessor especial do MPO João Vilaverde disse que esse é um dia histórico. “Hoje está sendo um dia histórico porque vejo uma sinergia de todos os lados. E isso só é possível porque é esse o Governo Federal que temos hoje e porque é esse o Governo do Estado que temos. Se não fossem esses governantes [Lula e Riedel], não teríamos esse diálogo e não poderíamos encontrar esse caminho”, destacou.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Prefeitura Mobile

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Senado arquiva permanentemente a PEC da Vida
Política
Gestão de Lula tem aprovação de 40% da população, aponta pesquisa
Política
Câmara aprova projeto que destina R$ 8,7 milhões para assistência social e saúde
Política
Processos da Lava Jato sobre caixa 2 de partidos são arquivados
Política
Assembleia analisa projeto para instalação do "botão do pânico" nas escolas
Política
Adriane tem papel de destaque 4ª Smart City Expo 2023
Política
Senado aprova projeto que nomeia Ayrton Senna como Patrono do Esporte do Brasil
Política
Gerson Claro pede manutenção emergencial em trechos de rodovias de MS
Política
Deputados votam alteração na Lei de licença-maternidade para servidoras
Política
Vereadores votam projeto contra intolerância religiosa nesta terça-feira

Mais Lidas

Cultura
Cidade da Páscoa inicia programação hoje nos Altos da Afonso Pena
Geral
Foi você? Prêmio de R$ 100 mil do 'Nota MS Premiada' vai para dois ganhadores
Polícia
JD1TV: Acidente com pelo menos seis veículos 'fecha' a BR-060
Geral
Morre Haroldo Maiolino