Menu
Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2024
TJMS Abril24
Política

Comissão formaliza a 1º anistia aos povos indígenas

A etnia Krenak recebeu o pedido de desculpa por ter sido perseguida na ditadura militar

02 abril 2024 - 15h11Carla Andréa, com g1

A Comissão de Anistia do Ministério dos Direitos Humanos analisou os primeiros pedidos de reparação coletiva da história do país, nesta terça-feira (02).

Na primeira análise, o colegiado formalizou a anistia e pedido de desculpas formal do Estado brasileiro aos indígenas da etnia Krenak, situados no norte de Minas Gerais.

Ainda hoje, deve ser analisado o pedido semelhante dos indígenas Guyraroká, que estão localizados no Mato Grosso do Sul.

Os indígenas das duas etnias foram perseguidos e obrigados a deixar suas terras no período da ditadura militar, e nunca receberam indenização ou compensação pelo episódio. 

As duas ações tinham sido rejeitadas pela Comissão de Anistia em 2022, com integrantes nomeados no governo de Jair Bolsonaro (PL), mas o Ministério Público recorreu. Vale ressaltar que esse tipo de pedido não gera ressarcimento financeiro.

Ao final da análise do caso Krenak, a presidente da Comissão de Anistia, Eneá de Stutz, se ajoelhou e pediu desculpas aos indígenas em nome do país.

A Comissão de Anistia também deve julgar a revisão do que ficou conhecido como "Caso dos 9 Chineses". Quando nove diplomatas da China foram detidos, torturados, condenados à prisão e depois, expulsos do Brasil por causa de uma acusação falsa de subversão.

O caso aconteceu em 1964. Supostamente, eles teriam conspirado contra a ditadura militar recém-instalada, mas essa acusação nunca foi provada. A expulsão do grupo só foi revogada oficialmente pelo governo brasileiro em 2014, após os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade (CNV). Até então, por quase 50 anos, o grupo seguiu proibido de voltar ao Brasil.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sessão ordinária desta quarta-feira (24)
Política
Deputados aprovam e projeto sobre diagnóstico precoce do autismo vai à sanção
Waldecy Batista Nunes, o "Chocolate" -
Cidade
Ex-vereador "Chocolate" assume cargo na Câmara Municipal de Campo Grande
Foto: Luciana Nassar/Alems
Política
Assembleia vota nesta quarta-feira projeto de reajuste aos servidores da Casa
Foto: Câmara Municipal
Política
Claudinho Serra desmente renúncia
Sessão da Câmara
Política
Vereadores aprovam projeto que permite entrada de água em shows na Capital
Sessão ordinária desta terça-feira (23)
Política
Deputados aprovam projeto que prevê exame gratuito precoce de pacientes com autismo
Prefeita de Sidrolândia Vanda Camilo -
Política
Vereadores de Sidrolândia aprovam CPI contra prefeita após escândalo de corrupção
Fernando Haddad
Política
Governo adiará um dos projetos da regulamentação da reforma tributária
Presidente do TRE-MS, Desembargador Paschoal Carmello Leandro -
Justiça
JD1TV: TRE faz campanha sobre regularização de títulos de eleitor
Câmara analisa projeto que permite entrada com água para consumo em shows
Política
Câmara analisa projeto que permite entrada com água para consumo em shows

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
"Eu não tenho dúvida que o Beto Pereira terá capacidade, se eleito for, de fazer as grandes transformações e reformas que Campo Grande precisa", enfatiza ex-governador.
Política
JD1TV: Reinaldo diz que problemas locais "pesarão mais" que Bolsonaro