Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Política

Deputados decidem sobre plano de assistência médico-social para delegados de MS

Reajustes dos servidores do Judiciário passam por segunda rodada de votações

23 maio 2024 - 10h05Sarah Chaves

Deve ser votado em primeira discussão conforme Ordem do Dia desta quinta-feira (23) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), a proposta do Executivo, que altera a Lei Complementar 114/2005, para conceder aos delegados de Polícia, ativos ou aposentados, e seus respectivos pensionistas, plano de assistência médico-social em forma de parcela pecuniária mensal indenizatória correspondente a 5% do subsídio da Classe Especial, nível I.

De acordo com o texto do projeto, "a vantagem em apreço possui natureza indenizatória, não se incorpora ao
subsídio e/ou aos proventos da inatividade e não é computado para efeito de cálculo de
gratificações, de adicionais ou de quaisquer outros acréscimos pecuniários, sendo vedada
a sua acumulação com outro benefício de mesma natureza".

Ordem do Dia

Os reajustes das remunerações dos servidores do Poder Judiciário, da Defensoria Pública e do Tribunal de Contas retornam para segunda discussão dos deputados estaduais.

Segunda discussão

As propostas de reajustes dos vencimentos dos servidores do Poder Judiciário e da Defensoria Pública, constantes, respectivamente, nos Projetos de Lei 103/2024 e 109/2024, têm o mesmo índice, de 2,27%. Além disso, serão acrescidos, nos dois casos, o aumento de 3,37%, referente à revisão geral aplicada aos servidores públicos do Poder Executivo de Mato Grosso do Sul. Já o pessoal do Tribunal de Contas poderá ter a remuneração reajustada em 8,27%, além dos 3,73% da recomposição, conforme estabelece o Projeto de Lei 107/2024.

Primeira Discussão

Também do Poder Executivo, o Projeto de Lei Complementar 01/2024 dispõe sobre a integralidade e a paridade das aposentadorias voluntárias dos integrantes das carreiras da Polícia Civil do Estado.

Já o Projeto de Lei 91/2024, que altera as Leis 401/1983 e 2.387/2001, objetiva transferir o custeio da verba relativa ao auxílio-transporte devida aos servidores das carreiras fazendárias ao Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades Fazendárias (FUNFAZ), "visando a desonerar o Tesouro Estadual dessa despesa”.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lula está cumprindo agenda no exterior, mas não deixou de comentar projeto polêmico
Política
Lula classifica de insanidade proposta que equipara aborto a homicídio
Imagem da urna eleitoral eletrônica /
Política
PM candidato é alvo do MP Eleitoral por propaganda antecipada na Capital
Foto: Douglas Gomes
Política
Para evitar "pressão", deputada de centro deve relatar PL do aborto
Câmara aprova urgência de projeto que equipara aborto ao homicídio
Política
Câmara aprova urgência de projeto que equipara aborto ao homicídio
Deputado federal Chiquinho Brazão, preso desde março sob a suspeita de ser um dos mandantes do assassinato de Marielle Franco
Política
Relatora de caso contra Chiquinho Brazão pede mais tempo para analisar documentos
Câmara aprova projeto que irá punir deputados que se envolvam em brigas
Política
Câmara aprova projeto que irá punir deputados que se envolvam em brigas
Secretário Jaime Verruck e o governador Eduardo Riedel
Política
Riedel participa de reunião sobre o FCO para 2025
Valdemar diz que está com "saudades" de conversar com Bolsonaro
Política
Valdemar diz que está com "saudades" de conversar com Bolsonaro
CCJ da Câmara em sessão que aprovou PEC das Drogas
Política
PEC das drogas é aprovada com placar de 47 a 17
Matérias que versam sobre a saúde e proteção da mulher foram aprovadas hoje em segunda discussão
Política
Deputados aprovam semana de mobilização dos homens contra a violência

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima