Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Política

Deputados estaduais são empossados na terça

30 janeiro 2011 - 10h24
A posse dos deputados estaduais da 9ª legislatura com mandato de 2011 a 2015 será no dia 1º de fevereiro de 2011. A solenidade está marcada para as 9 horas no plenário “Deputado Júlio Maia”, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Nesse mesmo dia, será realizada a eleição da nova mesa diretora. A direção dos trabalhos será do deputado Jerson Domingos (PMDB,) com dois secretários escolhidos entre as maiores bancadas de partidos diferentes, no caso, PSDB e PR. Após a formação da mesa, o presidente irá firmar compromisso nos seguintes termos: “Prometo desempenhar fiel e lealmente o mandato que me foi conferido, guardar a Constituição Federal e a Estadual, e servir a minha pátria promovendo o bem geral do Estado de Mato Grosso do Sul”. Em seguida, os deputados deverão declarar: “Assim o prometo”. A solenidade tem presença confirmada do governador André Puccinelli e do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Alfeu Puccinelli. Os hinos serão executados pela banda de música do Comando Militar do Oeste. De acordo com o regimento interno, por ser presidente de mandato anterior reeleito, o deputado Jerson Domingos é quem irá empossar os colegas. Mesa diretora Logo após a posse acontece a eleição da mesa diretora. De acordo com informações da assessoria da Assembleia, não haverá chapa fechada, sendo que o novo regimento aprovado no final do ano passado prevê candidaturas avulsas, que podem ser decididas até o horário de início da eleição da mesa. Esta é a primeira eleição após a aprovação do novo regimento. Até o momento, as informações dão conta de que o atual presidente será reconduzido ao cargo, tendo em vista que foi o único a lançar nome para a presidência e conta com apoio consensual dos demais pares. Para a primeira secretaria o nome cogitado é o do deputado Paulo Correa, por enquanto candidato único. O deputado Onevan de Matos chegou a pleitear o cargo, mas acabou retirando a candidatura por acreditar que não havia chances contra Correa. Paulo Duarte, que também almejou a primeira secretaria, aceita ocupar a segunda secretaria desde que haja divisão de tarefas com a primeira. Este seria um novo formato não previsto no regimento e que dependerá de entendimento entre os deputados. Outro nome que já estaria definido para fazer parte da mesa diretora é o deputado Maurício Picarelli, que provavelmente ocupará o cargo de 1° vice-presidente. Ainda segundo a assessoria, os demais cargos serão preenchidos de acordo com as indicações dos partidos. Até quinta-feira não havia indicação. Provavelmente isso só será definido nesta segunda-feira, pois nem todos os deputados estavam presentes na Casa de Leis Estadual, esta semana.
CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Presidente da Câmara dos Deputados afirma que PEC da Guerra não será prorrogada
Política
FETEMS fará debate
Política
Confira a agenda dos candidatos nos bairros da capital nesta sexta
Política
AO VIVO: O que Cris Duarte quer fazer por Campo Grande?
Política
Vídeo: Bolsonaro visita Pazuello, um dia após diagnóstico de covid
Política
Pesquisa mostra terceira via em Corumbá
Política
VÍDEO: Candidato a vereador em MS é assaltado durante live
Política
Eleições 2020: Marquinhos fará entrevista ao vivo no JD1 às 17h
Política
Senador flagrado com dinheiro nas nádegas pede licença por 90 dias
Política
AO VIVO: O que Guto Scarpanti quer fazer por Campo Grande?

Mais Lidas

Justiça
Fachin julgará recurso de Reinaldo no STF
Cidade
Prefeitura entrega prêmios do 5º sorteio da Nota Premiada
Justiça
Candidato do PSL terá que pagar multa e retirar vídeo do ar
Política
Presidente da Câmara dos Deputados afirma que PEC da Guerra não será prorrogada