Menu
Busca sexta, 10 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Política

Deputados estaduais são empossados na terça

30 janeiro 2011 - 10h24
A posse dos deputados estaduais da 9ª legislatura com mandato de 2011 a 2015 será no dia 1º de fevereiro de 2011. A solenidade está marcada para as 9 horas no plenário “Deputado Júlio Maia”, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Nesse mesmo dia, será realizada a eleição da nova mesa diretora. A direção dos trabalhos será do deputado Jerson Domingos (PMDB,) com dois secretários escolhidos entre as maiores bancadas de partidos diferentes, no caso, PSDB e PR. Após a formação da mesa, o presidente irá firmar compromisso nos seguintes termos: “Prometo desempenhar fiel e lealmente o mandato que me foi conferido, guardar a Constituição Federal e a Estadual, e servir a minha pátria promovendo o bem geral do Estado de Mato Grosso do Sul”. Em seguida, os deputados deverão declarar: “Assim o prometo”. A solenidade tem presença confirmada do governador André Puccinelli e do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Alfeu Puccinelli. Os hinos serão executados pela banda de música do Comando Militar do Oeste. De acordo com o regimento interno, por ser presidente de mandato anterior reeleito, o deputado Jerson Domingos é quem irá empossar os colegas. Mesa diretora Logo após a posse acontece a eleição da mesa diretora. De acordo com informações da assessoria da Assembleia, não haverá chapa fechada, sendo que o novo regimento aprovado no final do ano passado prevê candidaturas avulsas, que podem ser decididas até o horário de início da eleição da mesa. Esta é a primeira eleição após a aprovação do novo regimento. Até o momento, as informações dão conta de que o atual presidente será reconduzido ao cargo, tendo em vista que foi o único a lançar nome para a presidência e conta com apoio consensual dos demais pares. Para a primeira secretaria o nome cogitado é o do deputado Paulo Correa, por enquanto candidato único. O deputado Onevan de Matos chegou a pleitear o cargo, mas acabou retirando a candidatura por acreditar que não havia chances contra Correa. Paulo Duarte, que também almejou a primeira secretaria, aceita ocupar a segunda secretaria desde que haja divisão de tarefas com a primeira. Este seria um novo formato não previsto no regimento e que dependerá de entendimento entre os deputados. Outro nome que já estaria definido para fazer parte da mesa diretora é o deputado Maurício Picarelli, que provavelmente ocupará o cargo de 1° vice-presidente. Ainda segundo a assessoria, os demais cargos serão preenchidos de acordo com as indicações dos partidos. Até quinta-feira não havia indicação. Provavelmente isso só será definido nesta segunda-feira, pois nem todos os deputados estavam presentes na Casa de Leis Estadual, esta semana.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Marquinhos atribui estabilidade da pandemia na capital a 'momento de oração'
Política
Coronel David vai à Justiça para barrar aumento de energia em MS
Política
Bolsonaro quer gabinete de Michelle vinculado à Presidência
Política
Conselho do Direitos da Mulher repudia fala do vereador Delegado Wellington
Política
Coronel David pede suspensão de parcelas de empréstimos dos servidores
Política
Câmara da capital aprova 6 planos de carreiras da Saúde
Política
Profissionais da Saúde receberão acompanhamento psicológico
Política
Maia diz que Bolsonaro não irá demitir Mandetta por que o ministro é popular
Política
Seguro-desemprego poderá ser pago por até dez meses
Política
Bolsonaro sanciona lei de reeducação para agressores de mulheres

Mais Lidas

Polícia
Veículo roubado é recuperado com 104 quilos de maconha no interior
Cidade
Guarda Municipal fecha 31 estabelecimentos por descumprir toque de recolher
Brasil
Brasil contabiliza 18.397 infectados e 974 mortos por coronavírus
Saúde
Mandetta anúncia R$ 4 bilhões para estados e municípios