Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(67) 99647-9098
aguas guariroba - Águas em Ação 3
Política

Em meio a polêmica, Colégio Eleitoral da UFMS se reúne nesta quarta

27 junho 2012 - 10h44Simão Nogueira

O Colégio Eleitoral da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) se reúne nesta quarta-feira (27) para decidir o terceiro nome para integrar a lista tríplice que será enviada ao MEC (Ministério da Educação). Os dois nomes já definidos são a atual reitora, Célia Maria Silva Correa Oliveira, e o professor Antônio Carlos do Nascimento Osório. Já o terceiro, chamado de candidato biônico, será indicado pelo colégio.

Célia ficou em primeiro lugar na consulta pública feita na última terça-feira (19), que teve 43,62% dos votos, enquanto Osório recebeu 29,35% do total. Osório recebeu 3.806 votos, contra 2.622 da atual reitora, mas como o voto dos professores tem maior peso do que o dos alunos, Célia saiu vitoriosa.

No dia 21 de junho, dois dias depois do resultado da eleição, o MPF (Ministério Público Federal) recebeu um pedido de representação feito por um professor da Fadir (Faculdade de Direito) da UFMS questionando a formação do Colégio Eleitoral da instituição.

O documento questiona o fato de que parte dos 129 membros do colégio ocupa cargos de direção indicados pela atual reitora, além do fato de que Célia Maria e seu vice-reitor, João Ricardo Tognini, não terem se desincompatibilizado dos cargos para disputar a eleição.

O pedido foi encaminhado ao procurador regional dos direitos do cidadão, Felipe Fritz Braga, e ainda não foi analisado.

Nesta terça-feira (26) a UFMS publicou nota em que afirma que a votação uninominal segue nota técnica do MEC que determina que cada eleitor vote em apenas um candidato para o cargo a ser preenchido e que o voto dos docentes tem peso de 70%, ficando o dos alunos com 15% cada.

Na eleição deste ano 21.784 pessoas estavam aptas a votar, mas somente 6.662 compareceram as urnas.

A lista tríplice é enviada ao MEC, que escolhe o responsável por administrar a UFMS, que tem orçamento anual de R$ 393 milhões e 11 unidades.

Via Campograndenews

Teia - Agronomia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Ponta Grossa é a única cidade do Brasil a ter duas mulheres disputando o 2º turno
Política
Marquinhos anuncia 45 obras e prevê gastos de R$ 1,3 bilhão
Política
TRE-MS conquista pela primeira vez selo diamante do Conselho Nacional de Justiça
Política
Cinco cidades do Estado adquirem “Castramóvel”
Política
Bolsonaro estima que país possa encerrar 2020 com mais empregos do que em 2019
Política
Projeto pretende criar de canal para denúncias de maus-tratos de animais
Política
E-Título só estará disponível para baixar até as 23h59 de sábado
Política
Governador decreta luto de três dias em razão do falecimento de Roberto Orro
Política
TRE-MS anula votos dados a Harfouche e aumenta vantagem de Marquinhos
Política
Ex-vereador morre depois de ser picado por uma cobra em MS

Mais Lidas

Polícia
Mulher é sequestrada ao descer de ônibus na capital
Brasil
Paciente com quase 300 kg que aguardou cinco dias por vaga na UTI morre em Natal
Polícia
Foram presos 39 homens durante operação na fronteira
Geral
Reinaldo inaugura indústria com 300 empregos e entrega escola em Caarapó