Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
TJMS Maio24
Política

Governo adiará um dos projetos da regulamentação da reforma tributária

Projeto sobre comitê gestor ficará para próxima semana

23 abril 2024 - 11h49Luiz Vinicius, com informações da Agência Brasil

O governo adiará o envio ao Congresso de um dos projetos de lei complementar (PLC) que regulamentam a reforma tributária, anunciou na noite dessa segunda-feira (22) o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Por falta de tempo, o PLC que trata do Comitê Gestor do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) e de questões administrativas deverá ser enviado na próxima semana.

O Comitê Gestor será um órgão com representação dos estados e municípios que se encarregará de fixar as alíquotas do IBS, imposto a ser administrado pelos governos locais. O projeto que trata do assunto é mais simples que o texto a ser enviado nesta semana, que abrangerá toda a regulamentação de todos os tributos sobre o consumo, informou Haddad, terá quase 200 páginas e deverá ser enviado nesta quarta-feira (24).

Originalmente, os dois projetos tinham previsão de ser enviados nesta segunda. No entanto, a Casa Civil, disse Haddad, pediu ajustes de última hora em dois pontos que foram discutidos no fim da tarde dessa segunda entre os ministro da Fazenda e da Casa Civil, Rui Costa, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Fechamos com o presidente [Lula]. Não tem mais pendência com ele, agora é um trabalho braçal para fechar o texto com mais de 150 páginas, quase 200. Agora está indo o projeto mais robusto”, declarou Haddad. O ministro não detalhou os dois últimos pontos que teriam ajuste. Apenas disse que seriam “detalhes” sobre os produtos com alíquota zero, alíquota reduzida (para 40% da alíquota cheia) e alíquota cheia.

O projeto a ser enviado amanhã inclui a regulamentação do IBS; da Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), tributo federal sobre o consumo; o Imposto Seletivo, que incidirá sobre produtos com risco à saúde e ao meio ambiente; e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que incidirá sobre mercadorias concorrentes das produzidas na Zona Franca de Manaus.

Os temas mais polêmicos são a desoneração da cesta básica e a lista de produtos que terão a cobrança do Imposto Seletivo. A reforma aprovada no ano passado deixou para o projeto de lei complementar decidir se, por exemplo, alimentos processados e ricos em açúcar sofrerão a cobrança do imposto.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senado aprova o Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas
Política
Senado aprova o Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas
Ex-presidente Jair Bolsonaro com o ex-ministro general Walter Braga Netto
Política
Bolsonaro e Braga Netto tentam reverter inelegibilidade
Vereador Betinho (Republicanos), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento
Política
Após acordo com a Prefeitura, prazo de entrega das emendas impositivas vai até junho
Sessão da Câmara Municipal de Campo Grande
Política
19 de maio: vereadores aprovam o Dia do Defensor Público em 2ª discussão
Deputados da ALEMS analisam as matérias em tramitação na Casa de Leis durante a Ordem do Dia
Política
Deputados aprovam e revisão salarial dos servidores estaduais segue à sanção
Vereador Lívio Leite
Política
Dr. Lívio é empossado como vereador em meio a disputa na Justiça
Plenário Oliva Enciso
Política
Vereadores decidem sobre datas comemorativas na sessão desta terça-feira
Plenário Deputado Júlio Maia
Política
Deputados devem votar PL de reajuste dos servidores e Novo Morar Legal nesta terça-feira
Deputada Federal
Política
TRE-MS 'barra' recurso contra absolvição de Camila Jara
Riedel destaca saldo positivo do MS Day em Nova York
Política
Riedel destaca saldo positivo do MS Day em Nova York

Mais Lidas

Francisco Jr. foi socorrido em estado grave e levado para uma unidade de saúde
Polícia
JD1TV: Moto de influenciador da Capital explode em acidente na BR-060, em Sidrolândia
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Vereador Lívio Leite
Justiça
Vaga de Claudinho Serra na Câmara será de Dr. Lívio
Ele teria convivido normalmente com os corpos durante o final de semana, até ligar para a Polícia Militar e contar sobre o crime
Polícia
Com raiva após ficar sem o celular, adolescente mata pai, mãe e irmã em SP