Menu
Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024
TJMS Maio24
Política

Lula nega convite para participar da Cúpula da Paz na Ucrânia

A ação acontecerá na Suíça, nos dias 15 e 16 de junho e o Brasil deve enviar um repesentante

16 maio 2024 - 17h04Carla Andréa, com CNN

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu não comparecer à Cúpula da Paz na Ucrânia, que será realizada nos dias 15 e 16 de junho, na Suíça.

O governo suíço fez questão de convidar Lula durante um encontro presencial entre o chanceler do país, Ignacio Cassis, e o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, no dia 30 de abril.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, também convidou Lula para participar da cúpula em uma entrevista à CNN Brasil, em dia 18 de abril, em Kiev, capital da Ucrânia.

Uma fonte próxima do ministro Mauro Vieira disse que o chanceler Cassis insistiu muito na presença do presidente brasileiro no encontro, reconhecendo a importância não apenas do Brasil, mas também a influência dele entre as nações em desenvolvimento.

Isso porque esse grupo de países vê com reservas as sanções aplicadas pelo ocidente contra a Rússia por causa da guerra.

Como um dos principais líderes do Sul Global, Lula foi cortejado pelos suíços. Mas ele e Vieira se reuniram esta semana, segundo fontes diplomáticas brasileiras, e decidiram que a delegação que vai representar o país na cúpula não será chefiada pelo presidente. Ainda, não foi definido, quem ocupará esse papel.

A Suíça informou na quarta-feira (15) que mais de 50 países já confirmaram presença na cúpula, entre eles a China e a África do Sul. Já a Rússia foi excluída do evento. 

Na avaliação de Lula e do Itamaraty, não faz sentido a participação do líder brasileiro em uma cúpula que não envolve os dois lados do conflito. A diplomacia brasileira sempre insistiu na necessidade de negociações para a paz, mas não vê sentido em um encontro que deixa de fora os russos.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lula sanciona lei que paralisa dívida do Rio Grande do Sul por três anos
Política
Lula sanciona lei que paralisa dívida do Rio Grande do Sul por três anos
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Política
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Romário planeja voltar aos campos neste sábado
Política
Romário planeja voltar aos campos neste sábado
Sessão desta quinta-feira (16)
Política
19 de maio: vereadores aprovam Dia do Defensor Público na Capital
Deputado cobra conscientização do Procon sobre lei que proíbe fidelização em MS
Política
Deputado cobra conscientização do Procon sobre lei que proíbe fidelização em MS
Sessão na ALEMS
Política
Deputados aprovam projeto que autoriza renegociação de dívidas com Agehab
Rose Modesto
Política
"Não tivemos essa conversa", diz Rose sobre André ser vice
Ex-presidente Jair Bolsonaro
Política
Internado há mais de uma semana, Bolsonaro deve receber alta na sexta-feira
Sessão na Assembleia Legislativa
Política
Deputados aprovam diretrizes para valorização da mulher no campo em MS
Maurício Corrêa, líder do movimento
Política
Moradores fazem abaixo-assinado para reverter projetos de homenagens da Câmara

Mais Lidas

Conhecido como 'Fumaça', Ricardo Vera, era muito conhecido no mundo do crime
Polícia
Corpo encontrado com pés e mãos amarradas e amordaçado é identificado
Área externa do Pires ficou completamente destruída
Cidade
JD1TV: Incêndio destrói parte de supermercado no São Jorge da Lagoa
Estreia nesta sexta-feira o documentário, 'Omertà, Caso Matheus'
Geral
Estreia nesta sexta-feira o documentário, 'Omertà, Caso Matheus'
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Política
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha