Menu
Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2024
Aguas Jun24
Política

Ministério Público Eleitoral pede inelegibilidade de Bolsonaro

O PDT acionou o TSE contra o então presidente e o caso pode resultar na inelegibilidade de Bolsonaro

22 junho 2023 - 19h02Yara Deckner, com G1

Paulo Gonet, vice-procurador-geral eleitoral, defendeu nesta quinta-feira (22) a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro por abuso de poder político. Gonet se manifestou na primeira etapa do julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que analisa a conduta de Bolsonaro em uma reunião com embaixadores em julho do ano passado.

Segundo Gonet, ”estão estampados” elementos que justificam afastar Bolsonaro das eleições, como desvio de finalidade, busca de vantagem na disputa eleitoral de 2022, além da gravidade da conduta.

O PDT acionou o TSE contra o então presidente. O caso pode resultar na inelegibilidade de Bolsonaro.

O que a defesa de Bolsonaro diz:

Responsável pela defesa de Bolsonaro e do então vice na chapa, general Braga Netto, o advogado Tarcísio Vieira de Carvalho afirmou que a discussão do sistema eletrônico de votação não pode ser considerado um tema tabu na democracia e que a reunião foi um evento diplomático. Segundo ele, Bolsonaro apenas tentou propor um debate público para aprimorar o sistema.

Vieira admitiu que Bolsonaro usou um tom "inadequado" ao tratar o tema com os embaixadores, mas alegou que a reunião ocorreu antes do período eleitoral.

Vieira defendeu ainda que a minuta do golpe, apreendida em janeiro pela Polícia Federal na casa do ex-ministro Anderson Torres, não poderia ser usada como prova no julgamento.

O documento tratava da decretação de um estado de defesa no TSE com o objetivo de rever o resultado da eleição, da qual Bolsonaro saiu derrotado.

Vieira alegou que se trata um documento risível e que tinha como destino o lixo.

“Tentativa de golpe conectada a reunião com embaixadores? Essa pretensão não dependeria de outros [fatos]? Alguém que vai praticar golpe vai perder tempo em desacreditar a Justiça Eleitoral? Disputar eleições? Liderou a baderna do dia 8 de janeiro? Nada disso aconteceu Houve um debate na reunião de julho, legítimo, salutar em torno do aprimoramento do sistema de votação. Proposta de melhoria na sistemática do sistema de votação", afirmou

 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comissão de Educação do Senado aprova a reforma do ensino médio
Política
Comissão de Educação do Senado aprova a reforma do ensino médio
Hospital Regional de Mato Grosso do Sul
Política
"Solucionar problemas": Deputado quer visita da Comissão de Saúde ao Hospital Regional
Gerson Claro
Política
Governo de MS vai liberar R$ 72 milhões em emendas parlamentares
Sessão da Assembleia
Política
Comunicação sobre fim de teste gratuito de serviço segue para sanção
Plenário Deputado Júlio Maia
Política
Deputados devem aprovar o Balanço Geral do Governo de MS nesta quarta-feira
Edinaldo Luiz de Melo Bandeira -
Justiça
Justiça eleitoral manda prefeito de Amambai remover vídeo com pedido de voto
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Política
Lula diz que pode tentar reeleição 'para evitar que trogloditas voltem a governar'
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Política
Lula deve sancionar taxa em compras de US$ 50
Deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG)
Política
PF vê injúria contra Lula em fala de Nikolas Ferreira, mas opta por não o indiciar
Deputado federal Sóstenes Cavalcante
Política
Após críticas, autor do 'PL do Aborto' assina texto que aumenta pena de estupradores

Mais Lidas

Inverno 2024
Clima
Inverno começa nesta semana e deve ter temperaturas acima da média em 2024
Menina fez o jogo e guardou o bilhete em casa
Geral
50 milhões! Criança acerta números da Mega-Sena, mas pais esquecem de pagar aposta
Sol raiou em Campo Grande
Clima
Tempo seco breca chegada de frente fria e calor se mantém nesta terça em MS
Prefeitura abre processo seletivo para pessoas com ensino médio
Cidade
Prefeitura abre processo seletivo para pessoas com ensino médio