Menu
Menu
Busca quarta, 17 de abril de 2024
Política

Moro aceita denúncia e mulher de Cunha vira ré na Lava Jato

09 junho 2016 - 14h19Agência Brasil

O juiz federal Sérgio Moro recebeu hoje (9) a denúncia oferecida pelos procuradores da Força-Tarefa da Operação Lava Jato contra Cláudia Cordeiro Cruz, mulher do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB).

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a denúncia foi oferecida face aos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas “envolvendo valores provenientes do esquema criminoso instalado na Diretoria Internacional da Petrobras”, diz a nota do MPF. Com o recebimento da denúncia, Cláudia Cruz passa à condição de ré.

Segundo o MPF, as investigações apontam que a mulher de Cunha tinha consciência dos crimes que praticava e que ela é a única controladora da conta em nome da offshore Köpek, na Suíça. A conta foi usada para pagar despesas feitas com cartão de crédito no exterior.

Argumentação

“Como já salientado, as provas da investigação indicam que Claudia Cordeiro Cruz tinha consciência dos crimes que praticava. De início, esses gastos exorbitantes evidentemente desbordam, no plano do senso comum, do padrão de qualquer funcionário público, por mais que seja um deputado federal. Nessa linha, as despesas de cartão de crédito no exterior no montante superior a US$ 1 milhão no prazo de sete anos pagas por Claudia Cruz foram totalmente incompatíveis com a renda e o patrimônio declarado de Eduardo Cunha”, diz o MPF na denúncia.

Além de Cláudia Cruz, outras três pessoas foram acusadas. O ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, foi denunciado por corrupção passiva e o ex-empregado da Petrobras, João Augusto Rezende Henriques, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Já  o empresário português Idalecio Oliveira acabou denunciado por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Streamings pagarão cota para o cinema nacional
Política
Streamings pagarão cota para o cinema nacional
Sessão dos vereadores da Capital
Política
Vereadores aprovam mudanças no transporte de animais em compartimentos de carga
Gerson Claro, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
Política
Deputados aprovam projeto que orienta sobre efeitos de álcool na gestação
Trabalho de Gerson Claro no combate à violência doméstica é homenageado pela PM
Política
Trabalho de Gerson Claro no combate à violência doméstica é homenageado pela PM
Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande -
Política
Câmara Municipal e TJMS firmam convênio para transmissão de conteúdo na TV aberta
Votação no Senado aconteceu na noite de quarta-feira
Política
Senado vota PEC que criminaliza posse de qualquer quantidade de droga ilícita
PL de estímulo do turismo inclusivo para pessoas com TEA deve ser votado hoje
Política
PL de estímulo do turismo inclusivo para pessoas com TEA deve ser votado hoje
Vereadores analisam PL sobre transporte de animais em compartimentos de carga
Política
Vereadores analisam PL sobre transporte de animais em compartimentos de carga
Ministra das Relações Exteriores da Argentina, Diana Mondino
Política
Argentina não irá interferir em problemas internos brasileiros, afirma Mondino
Deputados que planejam concorrer a prefeituras em MS votaram por prisão de Brazão
Política
Deputados que planejam concorrer a prefeituras em MS votaram por prisão de Brazão

Mais Lidas

Acidente aconteceu no Monte Castelo
Polícia
Motociclista que morreu após bater em muro no Monte Castelo pilotava sem CNH
Janaina tinha 40 anos e trabalhava na Semed
Polícia
Identificada motociclista morta que bateu em muro de condomínio no Monte Castelo
Agetran divulga lista de multas aplicadas de 21 a 31 de março
Cidade
Multas de trânsito: saiba se você foi "canetado" entre 21 a 31 de março
Diogo Nantes morreu na hora
Polícia
JD1TV: Jovem morre após carro ser atingido pela haste da lona de um caminhão na MS-164