Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
TJMS Abril24
Política

Prefeitura deverá enviar lista de contratados irregularmente até segunda

Bernal também disse que não sabe quando as demissões ocorrerão e se contradiz

03 junho 2016 - 08h11Júlia de Freitas

O juiz David de Oliveira Gomes determinou em ação civil pública impetrada pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público que a Prefeitura de Campo Grande terá apenas até a próxima segunda-feira (6) para apresentar a lista atualizada dos contratados pelos convênios com a Omep e a Seleta, além das informações sobre o cargo que cada um ocupava, os salários e a lotação dos servidores. Já a demissão dos funcionários já havia sido determinada pela Justiça de que o Executivo Municipal tem até julho de 2017 para demitir todos os 4,3 mil funcionários contratados.

Bernal afirmou ontem (2) que a Prefeitura de Campo Grande tem os recursos necessários para demitir os funcionários mas afirma não saber quando a demissão de todos os acusados acontecerão.

Na primeira leva de demissões, que era pra acontecer na segunda-feira (1), tinha a previsão de demitir 300 funcionários. Mas segundo as entidades, a Prefeitura não depositou o dinheiro necessário e assim sendo, o valor das rescisões pode aumentar, já que os trabalhadores continuam no serviço até a demissão ocorrer.

Entenda o caso

Os servidores do caso foram contratados ilegalmente por meio de convênios com a Omep (Organização Mundial pela Educação Pré-Escolar) e a Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária. A investigação foi conduzida pelo MPE (Ministério Público Estadual), que constatou funcionários fantasmas, salários exorbitantes e pagamento a funcionários de empresas sem vínculo com a prefeitura. As infrações foram reconhecidas pelo Prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Políticos de direita de Mato Grosso do Sul comparecem em ato de Bolsonaro no Rio
Política
Políticos de direita de Mato Grosso do Sul comparecem em ato de Bolsonaro no Rio
Lula e Arata Ichinose
Economia
Honda anuncia investimento de R$ 4 bilhões no interior de São Paulo
MS aparece como segundo estado com melhor taxa de investimentos do Brasil
Política
MS aparece como segundo estado com melhor taxa de investimentos do Brasil
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz nega internação hospitalar para assessor de vereador preso em operação
Vereador Claudinho Serra
Justiça
Defesa de Claudinho Serra reafirma pedido de liberdade e propõe tornozeleira eletrônica
Argentina deseja ser parceira da OTAN
Internacional
Argentina envia pedido para se tornar parceira da OTAN
Deputado Paulo Duarte
Política
Projeto quer que empresas informem com antecedência interrupções de serviços
O presidente da ALEMS, Gerson Claro (PP)
Política
2ª discussão: deputados aprovam proibição de telemarketing automatizado
Sessão desta quinta-feira (18)
Política
Vereadores aprovam reformulação dos direitos dos Povos Indígenas da Capital
Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Gerson Claro
Política
Gerson Claro lança frente parlamentar e destaca participação do MS na transição energética

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital