Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Longen critica estudo para recriar a CPMF

O presidente da Fiems afirmou que não há espaço para mais impostos

11 setembro 2019 - 12h55Vitória Ribeiro, com informação assessoria

Na cerimônia de abertura da Superamas 2019, o presidente da Fiems, Sérgio Longen demonstrou oposição sobre a recriação da Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF), lembrando que a carga tributária brasileira é uma das mais altas do mundo e não há espaço para mais impostos.

Os empresários industriais de Mato Grosso do Sul foram pegos de surpresa nesta terça-feira (10) com a informação de que o secretário-adjunto da Receita Federal, Marcelo de Sousa Silva, apresentou as alíquotas em estudo pela União para a criação do imposto sobre pagamentos, que vem sendo comparado à antiga CPMF.

“Nós somos contra qualquer aumento de imposto no Brasil, no Estado e nos municípios. Entendemos que os gestores públicos precisam fazer a lição de casa da mesma forma que nós, empresários, temos de fazer no dia a dia das nossas empresas para manter a competitividade dos nossos produtos. Para nós cheira mal o fato de o Governo Federal sinalizar que pretende aumentar imposto primeiro para depois avaliar a redução da carga tributária. Isso em decorrência de todos os anos que nós sentimos na pele esse tipo de política econômica, em que os gestores públicos aumentam o imposto primeiro e depois avaliam a redução da carga tributária, o que na prática nunca fazem”, criticou Sérgio Longen.

O empresário ressaltou que não adianta o Governo Federal mudar o nome do imposto, pois vai continuar se chamando CPMF. “Temos de nos movimentar contra esse possível retorno desse imposto, chamando todos os nossos deputados federais e senadores para falar sobre a nossa preocupação com o aumento da carga tributária. Esse novo imposto vai cada vez mais prejudicar a competitividade dos nossos produtos e, por isso, nós temos de pressionar a nossa bancada federal para barrar o retorno dessa nova CPMF”, conclamou o presidente da Fiems, reforçando que os empresários precisam ficar atentos a todos os movimentos que buscam aumentar a carga tributária.

Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Ministério pode rever cortes de verbas que prejudicam MS
Política
Vídeo - Salineiro diz ter vergonha de ser vereador depois de projeto reprovado
Política
Governo garante a Simone liberação de recurso para BR-262
Política
Projeto que garante prioridade aos alunos com TDAH foi aprovado pela CCJR
Política
CCJ do Senado confirma sabatina de Aras à PGR para o dia 25
Política
Bancada federal de MS quer destravar investimentos para implantação da Rota Bioceânica
Política
Dupla morre em confronto com polícia durante roubo a comerciante
Política
Candidaturas laranjas levam à cassação de toda a chapa, decide TSE
Política
Projeto da deputada Rose Modesto fará agressor ressarcir SUS
Política
Delcídio assume PTB dia 21 de setembro

Mais Lidas

Polícia
Mulher que desapareceu há um mês é encontrada morta por suicídio
Polícia
Após divulgação de imagem, homem faz acordo para devolver veículo
Polícia
Vídeo - Mortes em série de gatos no Villagio Parati intrigam moradores
Geral
Árvore cai e Espírito Santo está interrompida