Menu
Menu
Busca sábado, 13 de abril de 2024
Política

"Queda da Bastilha", diz Delcídio após ataque de Gilmar

Ex-senador promete revelações bombásticas em livro que será lançado em julho

22 fevereiro 2024 - 12h10Vinícius Santos     atualizado em 22/02/2024 às 12h19

O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, expressou críticas contundentes à delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral (PRD) no âmbito da Operação Lava Jato. Em entrevista exclusiva ao Brazil Journal, o magistrado destacou irregularidades cometidas pela força-tarefa e condenou órgãos de controle da Justiça por não agirem diante dos abusos. Além disso, Mendes criticou ministros do STF que, em sua visão, consistentemente apoiaram as decisões do ex-juiz Sérgio Moro.

Delcídio do Amaral, foi senador por dois mandatos por Mato Grosso do Sul e líder do Governo na gestão de Dilma Rousseff (PT), teve sua delação abordada pelo ministro Gilmar Mendes. Este ressaltou que o episódio envolvendo o banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, oferecendo supostos benefícios ao filho de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras condenado por corrupção passiva, era parte do relato do ex-senador.

Segundo Mendes, Delcídio alegou que Esteves ofereceu R$ 50.000 ao filho de Cerveró, juntamente com uma pensão, e até um plano de fuga do presídio de Curitiba. Contudo, o decano do STF destaca que, ao final, constatou-se que as alegações eram falsas. O dinheiro não provinha de Esteves, mas possivelmente de José Carlos Bumlai, pecuarista e amigo de Lula, condenado no contexto da Lava Jato. O ministro enfatizou que houve um grande erro judiciário, uma vez que Delcídio teria engendrado uma série de histórias inverídicas.
"No fim, verifica-se que Delcídio era um grande mentiroso, tinha engendrado uma série de histórias. O dinheiro não veio de Esteves, aparentemente teria vindo de José Carlos Bumlai [pecuarista, amigo de Lula, condenado no âmbito da Lava Jato]. Construiu-se um grande erro judiciário", disse Mendes.

A entrevista também abordou outros temas, como a suposta participação de agentes do governo americano na Lava Jato. Gilmar Mendes levantou questionamentos sobre a troca de informações entre a força-tarefa e o Departamento de Justiça dos EUA, sem a devida anuência legal do Ministério da Justiça.

O decano, que ingressou no STF aos 47 anos e hoje, aos 68, é o mais antigo membro, alertou para possíveis irregularidades nessa cooperação internacional.  

Outro lado - Ao ser procurado pelo JD1 Notícias para comentar as alegações do ministro, Delcídio do Amaral respondeu afirmando ser vítima de uma "aberração jurídica". Ele destacou seu livro, previsto para lançamento em 14/07, como uma revelação que dará "nome aos bois" e promete ser um sucesso pessoal enquanto pode gerar "dor de cabeça" para outros. O ex-senador ressaltou sua inocentação e a consideração de seu processo como ilegal e flagrantemente "forjado" pela própria justiça.

O político se autodeclarou vítima do judiciário, destacando o trio Marcelo Miller, Janot e Teori como responsáveis pela "aberração jurídica". O ex-senador encerrou suas declarações ao JD1 Notícias com um enigmático "Queda da Bastilha!!!".

Confira a entrevista na íntegra - clique aqui.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, cumpria agenda em São Paulo e estava acompanhada da senadora Tereza Cristina
Política
Adriane se reúne com empresários em SP na busca por investimentos sustentáveis
Presidente e acionistas da JBS durante solenidade
Política
De uniforme e tudo, Lula esteve em frigorífico da Capital nesta sexta
Pré-candidata a prefeita e chefe da Sudeco, Rose Modesto -
Política
Em visita de Lula a MS, Rose destaca intenção de ser a primeira prefeita eleita da Capital
Governador Eduardo Riedel assinou termo de cooperação para ações voltadas aos povos indígenas
Política
Governo e Sebrae atuarão em favor de indígenas
AO VIVO: Lula acompanha em Campo Grande embarque de carne para a China
Política
AO VIVO: Lula acompanha em Campo Grande embarque de carne para a China
Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos
Política
Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos
Sessão de hoje (11)
Política
Vereadores aprovam em 2ª discussão programa "Idade de Sorrir" na Capital
Lula
Política
Lula deve vetar projeto que põem fim às saidinhas de presos
Sessão desta quinta-feira (10)
Política
Deputados aprovam em 1ª discussão o 'Dia do Atleta' para 10 de fevereiro
Foto: Lucas Castro
Política
Vereadores decidem sobre igualdade de recursos públicos no paradesporto

Mais Lidas

JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
Geral
JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Polícia
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Artistas confirmadas na Expogrande 2024
Comportamento
Expogrande 2024 divulga programação dos shows; confira as datas
Acidente congestionou rodovia
Polícia
AGORA: Grave acidente deixa pessoas mortas na BR-163, próximo a Anhanduí