Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99647-9098
Governo Balada - topo - abril21
Política

Confirmada! Simone pode ser a primeira mulher a comandar o Senado

MDB oficializou a candidatura da sul-mato-grossense à presidência da Casa de Leis

12 janeiro 2021 - 17h47

O MDB confirmou a candidatura da senadora Simone Tebet (MDB-MS) por unanimidade à presidência do Senado nesta terça-feira (12). Os outros candidatos do partido, senadores Eduardo Braga, Eduardo Gomes e Fernando Bezerra desistiram de concorrer.  A eleição será em 1º de fevereiro.

O anúncio do nome de Simone Tebet ocorreu nesta terça-feira, após a reunião da bancada que oficializou a filiação de outros dois senadores ao MDB, Rose de Freitas (ES) e Veneziano Vital do Rêgo (PB). Dessa forma, a bancada passa a ter 15 integrantes.

Ao final da reunião, o líder do MDB no Senado, Eduardo Braga, leu uma nota oficial da bancada na qual reforça a defesa da independência do comando no Legislativo, “em que o interesse público deve estar acima de qualquer disputa ideológica e política na reconstrução da economia e na imunização universal e gratuita contra o Covid-19. É nesse cenário que a bancada do MDB reafirma sua unanimidade em torno da candidatura da senadora Simone Tebet para a presidência da Casa”, disse.

O partido ainda ressaltou o compromisso do MDB com agenda fiscal, a redução das desigualdades e a pauta ambiental, entre outros. Braga ainda lembrou que ao escolher Simone como candidata o partido também valoriza a participação da mulher na política. Se vencer, a senadora sul-mato-grossense será a primeira mulher a presidir o Senado em quase 200 anos de história.

Simone é a atual presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), considerada a mais importante da Casa. À frente do colegiado, demonstrou seriedade, disciplina e capacidade de diálogo e negociação. Respeitada entre os pares, Simone já foi reconhecida diversas vezes por sua atuação e pelo conhecimento técnico e jurídico.

A senadora Simone Tebet agradeceu o apoio dos colegas e disse que a bancada sai unida e fortalecida. “Essa caminhada é a cara do partido que nós representamos. O MDB não podia pregar a democracia se não a exercesse internamente. E foi isso que aconteceu nesses dias. Soubemos respeitar os espaços de cada um”. A parlamentar ainda defendeu a “independência harmônica a favor do Brasil”. Nos momentos mais difíceis da nossa história foi o Senado que achou a saída dentro das instituições, da democracia e do estado democrático de direito”, lembrou. Ela ressaltou o papel do Senado neste momento em que se discute a imunização da população contra o Covid e há a necessidade da aprovação de reformas estruturantes. “Independência não significa oposição ao governo como muitos querem. Significa harmonia para ajudar nas pautas prioritárias a favor do Brasil, disse e finalizou: “Com humildade recebo essa missão, dizendo que é um projeto do MDB, do Senado e do Brasil”.

Simone Tebet entra na disputa com Rodrigo Pacheco (DEM-MG), candidato apoiado pelo atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaristas fazem carreata "pela família" e "contra o comunismo"
Política
Reinaldo apresenta Reforma Administrativa na Assembleia
Política
Pessoas com saúde mental afetada pela pandemia podem ter amparo do SUS
Política
Marun está deixando o conselho de Itaipu
Política
Câmara quer imprensa entre prioridades na vacinação
Política
Câmara aprova texto-base de projeto que permite empresas comprarem vacinas
Política
Bolsonaro quer criar Dia de Conscientização sobre Riscos do Aborto
Política
Vereadores criam CPI para esclarecer gastos da prefeitura de Dourados na pandemia
Política
Bolsonaro pretende ligar para presidente da Rússia para falar sobre Sputnik V
Política
Reinaldo sanciona o "Mais Social", que dará R$ 200

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio