Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Política

Vereadores analisam projeto para proteção de migrantes na Capital

Outras seis propostas estão previstas para a Ordem do Dia

23 maio 2024 - 08h52Sarah Chaves, com informações da assessoria

Seis projetos e três vetos do Poder Executivo passam pelos vereadores na sessão desta quinta-feira (23), na Câmara Municipal de Campo Grande a partir das 9h20 no Plenário Oliva Enciso.

Uma das propostas é o projeto de lei n. 11.309/24, do vereador Otávio Trad, previsto para ser votado em discussão única,  para a implantação do Plano Municipal de Promoção, Proteção e Apoio aos Migrantes Internacionais e Refugiados, suas famílias, crianças e adolescentes.

Em segunda discussão e votação, será analisado o projeto de lei n. 11.297/24 do vereador Zé da Farmácia, que institui o Dia Municipal do Empreendedorismo Feminino, a ser comemorado anualmente no dia 19 de novembro.

Já em primeira discussão e votação, os vereadores apreciam o projeto de lei n. 10.800/22, do vereador Tabosa, que dispõe sobre a gratificação por desempenho Previne Brasil, para profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

Também o projeto de lei n. 11.024/23, de autoria do vereador Júnior Coringa, que altera a lei n. 5.799, de 3 de janeiro de 2017, que autoriza o Poder Executivo a criar um local adequado destinado a eventos de som automotivo, manobras, arrancadas e encontro de motociclistas em Campo Grande.

Os vereadores também analisam o projeto que institui a ‘Semana do Campo Limpo’ em Campo Grande do vereador Ayrton Araújo e o PL. 11.265/24, da Mesa Diretora, que altera dispositivos da lei n. 2.899, de 14 de julho de 1992.

Vetos

Três vetos da Prefeitura serão discutidos, o primeiro deles é o que barra o Projeto do vereador Betinho, sobre a obrigatoriedade do uso de lacres em embalagens transportadas por sistema delivery.

Também o veto total ao projeto de lei n. 10.692/22, do vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, que determina a disponibilidade de QR Code nas placas de identificação de logradouros, obras, serviços e monumentos públicos para leitura e identificação do histórico das pessoas homenageadas na cidade.

E ainda o veto total ao projeto de lei n. 11.058/23, que implanta a placa acessível de inauguração de obras no município de Campo Grande. A proposta é do vereador Otávio Trad.

 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lula está cumprindo agenda no exterior, mas não deixou de comentar projeto polêmico
Política
Lula classifica de insanidade proposta que equipara aborto a homicídio
Imagem da urna eleitoral eletrônica /
Política
PM candidato é alvo do MP Eleitoral por propaganda antecipada na Capital
Foto: Douglas Gomes
Política
Para evitar "pressão", deputada de centro deve relatar PL do aborto
Câmara aprova urgência de projeto que equipara aborto ao homicídio
Política
Câmara aprova urgência de projeto que equipara aborto ao homicídio
Deputado federal Chiquinho Brazão, preso desde março sob a suspeita de ser um dos mandantes do assassinato de Marielle Franco
Política
Relatora de caso contra Chiquinho Brazão pede mais tempo para analisar documentos
Câmara aprova projeto que irá punir deputados que se envolvam em brigas
Política
Câmara aprova projeto que irá punir deputados que se envolvam em brigas
Secretário Jaime Verruck e o governador Eduardo Riedel
Política
Riedel participa de reunião sobre o FCO para 2025
Valdemar diz que está com "saudades" de conversar com Bolsonaro
Política
Valdemar diz que está com "saudades" de conversar com Bolsonaro
CCJ da Câmara em sessão que aprovou PEC das Drogas
Política
PEC das drogas é aprovada com placar de 47 a 17
Matérias que versam sobre a saúde e proteção da mulher foram aprovadas hoje em segunda discussão
Política
Deputados aprovam semana de mobilização dos homens contra a violência

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima