Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - Feminicidio
Saúde

Enfermeiros cobram melhorias após morte de enfermeira

Enfermeira foi vítima da depressão, que acabou se agravando com a carga horária excessiva de trabalho

07 janeiro 2019 - 16h17Marcos Tenório

Na manhã desta segunda-feira (7) em frete ao Pronto Atendimento (PAM) do Hospital Regional Rosa Pedrossian (HRMS), em Campo Grande, cerca de 100 enfermeiros e técnicos de enfermagem realizarão um ato para lembrar-se da morte da enfermeira Janaína Silva e Souza, que suicidou no início do ano, no dia 2 de janeiro. Durante o ato, a equipe de enfermagem do Hospital enfatizou o luto e homenageou Janaína com uma oração.

A enfermeira foi vítima da depressão, que acabou se agravando com a carga horária excessiva de trabalho. Hoje são 40 horas semanais, fora os plantões eventuais que acabam tirando para poder complementar a renda, pois o piso salarial é muito baixo.

Para se ter uma idéia, hoje o salário inicial de um enfermeiro é de R$ 1.320,00 e a reivindicação da categoria, e que o piso salaria seja de R$ 2.500,00 e com a carga horária reduzida

A reportagem do JD1 Notícias entrou em contato com Presidente do Sindicato de Enfermagem do Município de Campo Grande (SINTE/PMCG), Ângelo Evaldo de Macedo que relatou “o plantão é o que mais corresponde ao ganho do profissional”, ele ainda diz que “você não consegue abdicar dos plantões, porque a remuneração salarial é muito baixa”.

Ângelo ressalta que a categoria quer é a redução de 40 para 30 horas a carga horária, pois as condições de trabalho estão em situação catastrófica, a saúde pública esta passando por falta de vagas nas unidades de saúde, falta de materiais para trabalhar e para os pacientes realizar os exames, esse excesso faz com que o psicológico do profissional fique abalado.

“Doente você não consegue cuidar de doente” afirma Ângelo que ainda diz que há duas coisas perigosas que podem acontecer, uma é a doença e o profissional, porque quanto mais exausto, o raciocínio pode ficar fragilizado e com isso tem que ter muito cuidado pra não errar.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Vacinação de lactantes chega aos 18 anos
Saúde
Butantan deve receber no sábado mais 6 mil litros de IFA
Saúde
Dependência química é tema de discussão em Live
Saúde
Covid: MS tem quatro municípios em grau extremo
Saúde
Capital volta à bandeira vermelha no Prosseguir
Saúde
UPAs tem 45 médicos e 14 pediatras atendendo na manhã desta quarta
Saúde
Covid - Mais de 20% das mortes são de pacientes sem comorbidades em MS
Saúde
Capital continua na D2 de Coronavac e Astrazeneca nesta quarta; veja as datas
Saúde
Estado receberá 105 mil vacinas contra a Covid-19
Saúde
Covid: Anvisa nega autorização para uso emergencial do Avifavir

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa