Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Saúde

"Mês de Vacinação dos Povos Indígenas" inicia nesta quarta

Cerca de 2,5 mil profissionais estão participam da ação em todo o país

24 abril 2019 - 16h34Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

Começa nesta quarta-feira (24) a 13ª edição do "Mês de Vacinação dos Povos Indígenas". De acordo com o Ministério da Saúde, a proposta é intensificar a imunização em áreas indígenas visando a melhoria da cobertura vacinal – sobretudo em regiões de difícil acesso geográfico. Este ano, a estratégia integra a Semana Mundial de Vacinação, coordenada pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) em diversos países da América Latina.

Serão ofertadas, ao todo, 127,3 mil doses de vacinas contra doenças como hepatite A e B, rubéola, coqueluche, sarampo, caxumba, difteria, febre amarela, influenza e outras infecções bacterianas e virais graves, conforme previsto no Calendário Nacional de Vacinação dos Povos Indígenas. A meta é vacinar, até 19 de maio, 1 mil indígenas aldeados em todas as regiões do país.

Por meio de nota, o ministério informou que cerca de 2,5 mil profissionais, incluindo agentes indígenas de saúde, participam da ação em todos os 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Também participam médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, cirurgiões dentistas e auxiliares de saúde bucal que integram as Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena.

“A logística dessa vacinação é diferenciada, levando em consideração as especificidades dessa população e as necessidades de transporte das equipes e insumos até as aldeias, seja por carro, barco, helicóptero ou avião”, destacou a pasta.

A ideia é intensificar a imunização da população considerada mais vulnerável, como crianças de até 4 anos, mulheres em idade fértil (10 a 49 anos) e idosos que vivem em áreas de difícil acesso e onde há baixa cobertura vacinal. Serão realizadas ainda atividades como avaliação nutricional; atendimento odontológico; testes rápidos de HIV, hepatite e sífilis; consultas de pré-natal; e aplicação de vitamina A.

Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Campanha Setembro Laranja alerta para a obesidade infantil
Saúde
Varizes não afetam só mulheres, alerta estudo
Saúde
Cinco pessoas morrem a cada minuto por erro médico, diz OMS
Saúde
Duas UPAs atendem com dez pediatras nesta manhã
Saúde
Nove pediatras atendem nesta manhã de quinta-feira
Saúde
Policiais morrem mais por suicídio do que em confrontos, diz pesquisa
Saúde
Onze pediatras e 42 clínicos atendem nesta manhã de quarta-feira
Saúde
Nesta manhã 48 clínicos e dez pediatras atendem na capital
Saúde
Ministro anuncia medicação simplificada para combate à tuberculose
Saúde
Nesta manhã 37 clínicos e dez pediatras atendem na capital

Mais Lidas

Polícia
Uma igreja na mira dos golpistas
Polícia
Jovem é perseguido após discussão e morto a tiros na capital
Clima
Onda de calor volta neste fim de semana e pode registrar 43°C
Cidade
Obra revitalizará a Esplanada, Rodoviária e Mercadão