Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Saúde

Primeira no mundo? Rússia está concluindo vacina contra o coronavírus

Previsão é que a vacina entre em circulação entre 12 e 24 de agosto

14 julho 2020 - 12h13Gabriel Neves com informações do "UOL"

A Rússia está mais perto de se tornar o primeiro país a iniciar a distribuição de uma vacina contra o coronavírus para a população.

O país anunciou nesta segunda-feira (13), que concluiu parte dos testes clínicos necessários para comprovar a eficácia da imunização desenvolvida por iniciativa do governo russo.

"A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura", disse Yelena Smolyarchuk, chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov, à agência de notícias estatal TASS.

A vacina aprovada foi desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa para Epidemiologia e Microbiologia Gamalei. Segundo o diretor da instituição, Alexander Gintsburg, a previsão é que a vacina "entre em circulação civil" entre 12 e 24 de agosto.

De acordo com a agência de notícias IRA. essa distribuição será equivalente a um teste de fase 3, já que as pessoas que receberem a vacina ficarão sob supervisão.

Os testes de fase 1 e fase 2 normalmente verificam a segurança de um remédio antes de este avançar para a fase 3, que testa sua eficácia em um grupo maior de voluntários.

O Ministério da Saúde russo realizará esses últimos testes bioquímicos da vacina, mas espera finalizar o processo até setembro, mesmo mês para o qual Gintsburg prevê o início da produção em massa por laboratórios privados.

De acordo com o site UOL, a vacina russa está perto de ser distribuída porque os testes clínicos começaram em junho.

A Universidade Sechenov agrupou 38 voluntários remunerados para o estudo. Parte deles receberá alta nesta quarta-feira (15), quando terão completado 28 dias em isolamento. Os voluntários têm entre 18 e 65 anos e ainda serão monitorados por mais seis meses.

Também no mês passado, o exército russo iniciou outra frente de testes clínicos da vacina. O estudo vai durar dois meses e segue em andamento.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Dengue: MS tem três meses sem mortes, mas é o 2º no Brasil em incidência
Saúde
Aniversário de Campo Grande pode ser complicado, alerta secretária
Saúde
Santa Casa publica novas normas para acompanhantes de pacientes internados
Saúde
Fiéis oram em frente a Hospital por pastor enfermeiro com coronavírus
Saúde
Saiba onde pediatras e clínicos atenderão na manhã na capital
Saúde
MS tem 330 leitos de UTI disponíveis para tratamento da Covid-19
Saúde
Ao vivo: A live da vida - Eles venceram a Covid-19
Saúde
Guia de triagem para doação de sangue libera homossexuais
Saúde
MS está em alerta para tempo seco e baixa umidade do ar
Saúde
Não há solicitação de pesquisa ou registro da vacina russa no Brasil

Mais Lidas

Polícia
Negociação com homem que tenta suicídio, dura mais de 11 horas
Polícia
AO VIVO - Homem tenta se matar no Cophavilla
Geral
Bolsonaro corta 60% da verba destinada à Rede Globo
Polícia
Agora: Homem faz família de refém e fala em suicídio