Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Prefeitura Refis Junho24
Tecnologia

Carteira do Google deixará de funcionar em versões antigas do Android; entenda

Smartwatches com versões anteriores ao Wear OS 2.x também perderão acesso à carteira digital

13 maio 2024 - 15h53Pedro Molina

Smartphones com versões mais antigas do sistema operacional Android irão perder, a partir de 10 de junho deste ano, o acesso ao aplicativo Carteira do Google, que permite ao usuário pagamentos por cartão de crédito e débito por proximidade através do celular.

Além dos celulares com versões do Android 8 abaixo, smartwatches com versões anteriores ao Wear OS 2.x também perderão acesso à carteira digital, tornando pagamentos com esses aparelhos impossível.

“Em 10 de junho de 2024, o Google Wallet exigirá o Android 9 ou superior no seu telefone e o Wear OS 2.x ou superior no seu smartwatch. Para ajudar a manter os recursos da Carteira, como transações de toque para pagar, mais seguros, devemos ser capazes de enviar atualizações de segurança para o seu dispositivo. As atualizações de segurança não estão disponíveis para versões do Android abaixo de 9”, disse o Google em comunicado.

Por mais que a perca da funcionalidade possa parecer algo negativo, a motivação por trás dessa decisão da empresa é a segurança do usuário. Aparelhos mais antigos não suportam atualizações importantes de segurança que foram implementadas recentemente, deixando usuários de aparelhos mais antigos vulneráveis a ataques.

Para continuar a utilizar a funcionalidade, será necessário que se atualize o sistema operacional ou, em alguns casos, seja feita a troca do aparelho por um mais atual e com suporte à nova versão do sistema operacional.

 

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Liga no Zap: Chamadas de vídeo no WhatsApp passam a suportar até 32 participantes
Tecnologia
Liga no Zap: Chamadas de vídeo no WhatsApp passam a suportar até 32 participantes
X, antigo Twitter, apresenta instabilidade e fica fora do ar nesta quinta-feira
Tecnologia
X, antigo Twitter, apresenta instabilidade e fica fora do ar nesta quinta-feira
Empresa de MS se destaca com avanços em tecnologia de gestão pública
Tecnologia
Empresa de MS se destaca com avanços em tecnologia de gestão pública
Apple anuncia iOS 18; confira se seu iPhone tem suporte
Tecnologia
Apple anuncia iOS 18; confira se seu iPhone tem suporte
Tudo em um cantinho só: Instagram e WhatsApp dividirão os mesmos stories
Tecnologia
Tudo em um cantinho só: Instagram e WhatsApp dividirão os mesmos stories
Brasil é líder no envio de áudios no WhatsApp
Tecnologia
Brasil é líder no envio de áudios no WhatsApp
Tecnologia foi desenvolvida pela empresa sul-mato-grossense Tempo Real
Política
Empresa lança software que auxiliará no combate às fake news nas eleições
Elliot Phebve, de 55 anos, retirou 30 centímetros do intestino grosso ao descobrir um tumor de cólon
Tecnologia
Professor é o primeiro no mundo a ser vacinado contra o câncer de intestino
"Não tenho nem reação para isso": WhatsApp lança figurinhas feitas por IA no Brasil
Tecnologia
"Não tenho nem reação para isso": WhatsApp lança figurinhas feitas por IA no Brasil
Facebook usará publicações para treinar IAs; saiba como negar acesso
Tecnologia
Facebook usará publicações para treinar IAs; saiba como negar acesso

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima