Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Tecnologia

Senado apresenta proposta para regulamentação de inteligências artificiais

Entre as sugestões do texto está a limitação no uso de câmeras de reconhecimento facial

09 fevereiro 2023 - 15h23Pedro Molina

Com o crescimento exponencial do uso de inteligências artificiais (IAs), vem junto a preocupação do uso dessas ferramentas, como é caso do ChatGPT, capaz de criar textos complexos e páginas web simples em segundos, e programas capazes de criar artes “do zero”.

Em meio ao crescimento quase que desenfreado, uma comissão de 18 especialistas em direito, comandada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Ricardo Villas Bôas Cueva, foi designada pelo Senado Federal para apresentar uma proposta de regulamentação das IAs no Brasil.

A comissão redigiu um extenso relatório, com 45 artigos de propostas de regulamentação de IAs no país. O documento conta com mais de 900 páginas, e foi redigido com colaboração de membros da academia, sociedade civil e empresas.

Entre as medidas propostas pela comissão, está a limitação do uso de câmeras de reconhecimento facial instaladas pelas secretarias de segurança pública, impedindo a identificação indiscriminada de pessoas que andam nas ruas.

Além disso, outra proposta apresentada é a proibição da implementação de sistemas de "ranqueamento social", como o utilizado pela China, ou visto na série “Black Mirror”, onde cada cidadão recebe uma espécie de pontuação baseada em seu comportamento nas redes sociais, o que pode influenciar em seu acesso à serviços públicos.

O texto também lista "níveis de risco" para o uso desses sistemas, e estabelece direitos e deveres para empresas e usuários, como o direito de se questionar judicialmente as decisões tomadas por IA.

A proposta também estabelece que empresas que utilizarem IAs de alto risco precisam adotar medidas de governança para registrar o funcionamento da inteligência e corrigir vieses, com sanções que vão desde advertência até multa de R$ 50 milhões por infração, além de suspensão parcial ou total do sistema.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Tecnologia
Campo Grande fica em 1º lugar no Ranking Cidades Amigas do 5G
WhatsApp começa a testar vídeos de 1 minuto nos status
Tecnologia
WhatsApp começa a testar vídeos de 1 minuto nos status
Anatel investiga Starlink por suspeita de monopólio no Brasil
Tecnologia
Anatel investiga Starlink por suspeita de monopólio no Brasil
Carteira do Google deixará de funcionar em versões antigas do Android; entenda
Tecnologia
Carteira do Google deixará de funcionar em versões antigas do Android; entenda
Coleta de doações para o Rio Grande do Sul
Brasil
JD1TV: CTG da Capital envia seis carretas com doações para o RS e prepara mais levas
Imagem Ilustrativa
Tecnologia
Pesquisa mostra que 74% dos brasileiros acham que redes sociais devem ter regras
WhatsApp deixa de funcionar em alguns celulares a partir de hoje; veja lista
Tecnologia
WhatsApp deixa de funcionar em alguns celulares a partir de hoje; veja lista
CEO da Econect, Eduardo Feitosa durante o evento no Rio de Janeiro
Tecnologia
Econect está na Web Summit
Caiu tudo: WhatsApp, Instagram e Facebook apresentam instabilidade
Tecnologia
Caiu tudo: WhatsApp, Instagram e Facebook apresentam instabilidade
Novos perfis precisarão pagar para publicarem no X, confirma Musk
Tecnologia
Novos perfis precisarão pagar para publicarem no X, confirma Musk

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal