Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Agronegócio

Tereza Cristina, a primeira mulher homenageada com selo comemorativo da Expogrande

A ministra recebeu a homenagem na quinta-feira, dia que a Acrissul abriu a exposição

07 abril 2019 - 15h32Da redação com assessoria

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, foi a homenageada da noite de ontem pela Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), durante a cerimônia de abertura oficial da 81ª Expogrande, com a obliteração de um selo postal comemorativo da exposição. A ministra é sul-mato-grossense e associada da entidade. No final da homenagem foi descerrado um quadro – que é uma reprodução do selo comemorativo – e foi entregue à homenageada.

Ao abrir oficialmente a Expogrande na última quinta-feira (4), Jonatan Pereira Barbosa, presidente da Acrissul, ressaltou a tradição da feira agropecuária, em sua 81ª edição. Lembrou que Fernando Corrêa da Costa, avô de Tereza Cristina, presidiu a entidade e que a cadeira e a mesa onde atualmente despacha foi a mesma usada pelo avô da ministra, em 1948. "Fernando Corrêa foi, inclusive, o médico responsável pelo parto de minha mãe e que me trouxe à luz", lembrou Jonatan.

A cerimônia de abertura da Expogrande contou com a presença do ministro da Integração Regional, Gustavo Canuto, pelo governador de MS, Reinaldo Azambuja, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, o senador Nelsinho Trad, representando a bancada de MS, os deputados federais Rose Modesto e Beto Pereira, o deputado estadual Capitão Contar, representante da Assembleia Legislativa, o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, o presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Maurício Saito, o vice-ministro da Secretária de Assuntos Fundiários do Mapa, Nabhan Garcia, o ex-presidente da Acrissul, Laucídio Coelho Neto, representando o Conselho de Ex-Presidentes, entre outras autoridades.

Em seu discurso, o governador do estado, Reinaldo Azambuja, afirmou que “somos competitivos. Temos uma produção forte”, destacou ele. “Mas, precisamos das reformas no Estado brasileiro para que esses investidores se instalem aqui com segurança, podendo gerar trabalho, renda e riqueza”, explicou o governante. Voltado à classe produtora e política, o discurso de Reinaldo Azambuja foi marcado pelos desafios enfrentados pelo estado brasileiro no desenvolvimento da economia e do agronegócio. Entre eles a reforma da previdência e o “destravamento” logístico.

A homenageada

Além do selo com a imagem da ministra, distribuído entre as autoridades pesentes, Tereza ganhou um quadro de Luciano Zamboni, representante da Associação Brasileira de Criadores de Brangus, da qual ela foi uma das fundadoras, e viu sua história ser traduzida em música apresentada por ZeDu durante a solenidade.

Em suas palavras, deixou clara a gratidão pelas lembranças da classe produtora, prometeu usar o selo no qual é homenageada para enviar uma carta a Canuto pedindo políticas nacionais para irrigação, “que Mato Grosso do Sul” tanto precisa, e logo se voltou aos meandros da atual atividade política, na qual as reformas da previdência, do Pacto Federativo e tributária apareceram como vitais para que a economia volte a crescer.

O outro destaque da noite ficou por conta da Banda Mirim da Polícia Militar, que executou o Hino Nacional e músicas no encerramento da cerimônia.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Reinaldo amplia linha de crédito para agricultores
Agronegócio
Plano Safra 2019/2020 terá R$ 23 bilhões do BNDES
Agronegócio
Usinas levantam danos causados na cana-de-açúcar após geada
Agronegócio
Plano Safra 2019-2020 vai garantir R$ 8,2 bilhões para MS
Agronegócio
Tereza e Reinaldo entregam maquinários e anunciam mais investimentos
Agronegócio
Setor produtivo comemora medidas anunciadas por governo e prefeitura
Agronegócio
Marquinhos garante qualidade de alimentos com nova regulamentação
Agronegócio
Verruck quer união entre países no combate ao contrabando de produtos agrícolas
Agronegócio
Campo Grande vai sediar Copa do Laço e feira agropecuária
Agronegócio
Com 65 milhões de litros MS registra queda de 1,2%

Mais Lidas

Polícia
Corpo de pintor que estava desaparecido é encontrado próximo ao Detran
Polícia
Após orçamento em fazenda, pintor desaparece; família pede ajuda
Polícia
Jovem sai para ir à igreja e some no bairro Paulo Coelho Machado
Polícia
Choque soluciona roubo no Paulo Coelho Machado