Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Brasil

Apesar da promessa de Bolsonaro, governo vai aumentar radares nas estradas

O presidente declarou, em março, o fim da fiscalização eletrônica nas rodovias

13 maio 2019 - 18h55Joilson Francelino, com informações do Uol

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Denit) enviou à Justiça na última sexta-feira (10), documento informando sobre acordo para instalar radares em rodovias federais, contrariando a declaração do presidente Jair Bolsonaro.

Em março, o presidente havia dito que não instalaria mais radares nas rodovias. “Não teremos mais nenhuma nova lombada eletrônica no Brasil”, disse em transmissão pelo Facebook.

Segundo o Portal Uol, um estudo preliminar mostra que 8.031 faixas precisam de monitoramento (radar comum ou lombada eletrônica), o que demanda 4 mil equipamentos. Atualmente, há em operação 265 aparelhos que monitoram 560 faixas no país inteiro, considerando apenas as rodovias que não estão concedidas à iniciativa privada. O Denit já liberou a instalação de mais de 516 radares, que cobrirão outras 1.038 faixas. Será preciso mais 6.4 mil faixas para atingir o total necessário.

O Denit informou ainda à Justiça Federal que, antes de fechar o acordo, precisa resolver a situação de quatro contratos que foram suspensos pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Hoje, o Brasil tem 24 contratos vigentes para a instalação de radares e lombadas eletrônicas nas estradas federais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Yudi perde avó para o coronavírus e lamenta nas redes sociais
Brasil
Aeronáutica confirma 195 casos de coronavírus em escola da FAB
Brasil
Bolsonaro cumprimenta apoiadores em ato em Brasília
O presidente e seus apoiadores estavam separados por uma grade
Brasil
Transporte aéreo de cargas cai mais que a metade durante pandemia
Brasil
AO VIVO – Reunião de Bolsonaro com governadores
Brasil
Vídeo: namorada atira em delegado e se mata
Brasil
Regina Duarte deixa a secretaria de Cultura
Brasil
Mandetta diz que números são muito preocupantes
Brasil
Brasil registra 1.179 mortes hoje e crise muda de patamar
Brasil
Pazuello nomeia nove militares para cargos no Ministério da Saúde

Mais Lidas

Saúde
Nelsinho marca reunião com chanceler para debater sobre vacina do coronavírus
Polícia
“Deep Ceught”, polícia está nas ruas contra pedofilia em MS
Economia
Com vetos, Bolsonaro aprova projeto de socorro financeiro a estados e municípios
Clima
Dia terá máxima de 26ºC com névoa seca na capital, diz Inmet