Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 01
Brasil

Com faca cravada na cabeça, jacaré nada tranquilo em lago

O fato aconteceu na semana passada e a imagem viralizou em todo o mundo

17 junho 2019 - 13h54Mauro Silva, com informações do Jornal Meia Hora

Um aligátor, uma espécie de jacaré comum nos Estados Unidos, foi visto nadando normalmente em um lago na cidade de Warden com uma faca cravada na cabeça. O fato aconteceu na última quinta-feira (13) e logo a imagem viralizou por todo o mundo.

Conforme  Erin Weaver que fez as imagens do animal, o jacaré não aparentava qualquer problema ao nadar. Ele contou que a presença desses animais é muito comum em frente de sua casa, mas é a primeira  vez que viu um com uma faca no crânio.

"Eu o vi nadando e depois o vi virar, como se estivesse nadando na minha direção, e vi algo preso na cabeça dele que parecia uma faca de carne", disse Weaver à ABC.

Policiais locais, responsáveis pelo caso, investigam se o réptil sofreu o ataque de algum morador local. O aligátor é parecido com um jacaré, mas é menor.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual
Brasil
Mega sorteia R$ 6,5 milhões neste sábado
Brasil
Vídeo: motoboy sofre ofensas racistas em condomínio
Brasil
AO VIVO: Bolsonaro libera recurso para vacina contra o coronavírus
Brasil
Soldado é encontrado morto em quartel e família suspeita de tortura
Brasil
Corte de energia por falta de pagamento volta nesta segunda
Brasil
Dentista mata a esposa e comete suicídio
Brasil
Vídeo: Desembargador dispara xingamento durante sessão virtual
Brasil
Após evento com Tereza Cristina, Michelle testa positivo para coronavírus
Brasil
Vídeo: Diadema tem solução “mágica” para conter aglomerações

Mais Lidas

Saúde
Coronavírus: Com 441 novos casos, capital já registra 12.934 infectados
Geral
Coronel David deixa hospital e cumprirá isolamento em casa
Geral
Com link de live, defensoria diz que já atuou com a prefeitura na pandemia
Política
Bolsonaro nomeia Temer como chefe da missão de ajuda ao Líbano