Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Brasil

Contra assédio, 99 dá desconto em corridas à Delegacia da Mulher no Carnaval

A empresa vai subsidiar R$ 20 em corridas que tenham como destino uma das 180 Delegacias da Mulher de todo o país

22 fevereiro 2020 - 15h15Priscilla Porangaba, com informações do 99

A 99 divulgou uma ação inédita para apoiar vítimas de assédio e incentivar denúncias durante o Carnaval. Acontece que a empresa vai subsidiar R$ 20 em corridas que tenham como destino uma das 180 Delegacias da Mulher de todo o país, entre os dias 21 e 26 de fevereiro.

Segundo dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), as denúncias de assédio aumentam em 20% na época do Carnaval, e por isso o subsídio será aplicado automaticamente para qualquer corrida que tenha como destino uma Delegacia da Mulher, independentemente de onde o assédio tenha acontecido.

"Este ano, nossa campanha de Carnaval extrapola o próprio serviço e, mais do que apenas levantar uma bandeira, nós vamos entregar um serviço real para a população. Vamos apoiar iniciativas para acolher as vítimas de assédio e dar voz a essa causa, especialmente neste período do ano, em que os casos crescem consideravelmente", afirma Stella Brant, Diretora de Marketing da 99.

Ainda, pelo segundo ano consecutivo, a 99 apoiará a ação Anjos do Carnaval, que integra a campanha #CarnavalSemAssédio e acolhe mulheres e pessoas LGBTQ+ em situações de vulnerabilidade ou que tenham sofrido assédio durante o Carnaval.

Na prática, dezenas de voluntários se espalham pelos principais blocos de rua de cinco capitais brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Recife.

A 99 também conta com funcionalidades adicionais, como o rastreador de comentários de passageiros e motoristas, deixados após as corridas, que identifica possíveis situações de assédio.

Feito isso, uma equipe especializada avalia as ocorrências para que sejam tomadas as providências - que podem incluir desde o bloqueio (temporário ou permanente) do infrator ao suporte à investigação pelas autoridades policiais.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Brasil
Vídeo: ventania causa destruição em São Luiz
Brasil
Vídeo: empresário morre após cair de parapente
Brasil
Adolescente encontra dedo humano dentro de esfirra
Brasil
Estudante picado por naja no DF tem melhora no quadro de saúde
Brasil
Vídeo: a picada quase fatal, de naja em “play boy”
Brasil
Vídeo - Vereador celebra pandemia em “arraiá”: “Viva o coronavírus”
Brasil
Estudante picado por naja pode sair da UTI amanhã
Brasil
“Pai, você vai fazer muita falta”, diz filho de piloto morto em acidente

Mais Lidas

Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Polícia
MP é contrário a liberdade de jovem que matou namorada em acidente