Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Prefeitura inicia agenda pelo fim da violência contra mulher

Campanha internacional terá 16 dias de ativismo

18 novembro 2019 - 19h19Vitória Ribeiro, com informações assessoria

A Subsecretaria Municipal de Políticas para a Mulher (Semu), deu início nesta segunda-feira (18), à agenda da Campanha Internacional “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”. Os 16 dias de ativismo, de forma geral, têm por objetivo a conscientização e a mobilização da sociedade para que denuncie todos os tipos de violência praticados contra meninas e mulheres no Brasil e no mundo.

A secretaria promove durante esses dias diversas atividades em parceria com a 72ª Promotoria,  Defensoria Pública, 3ª Vara de Violência Doméstica e a Delegacia Especializada. As atividades incluem capacitação de profissionais da segurança pública, atendimento itinerante e debate com a comunidade. A proposta é chamar a atenção da sociedade para os fatores que naturalizaram a agressão das mulheres, em especial, por companheiros, pais e parentes próximos.

De acordo com a subsecretária municipal de políticas para mulher, Carla Stephanini, no Brasil a Campanha começa oficialmente no dia 20, dia da Consciência Negra, para dar destaque à discriminação vivenciada pelas mulheres negras, no entanto, o município se antecipou para conseguir cumprir toda a agenda.

“Nós sabemos que as campanhas contribuem muito na prevenção contra a violência. É quando nós damos uma ampla divulgação aos serviços, ao fenômeno da violência, encorajamos as mulheres a denunciarem, chamamos a consciência de toda sociedade que nós não podemos naturalizar e banalizar a violência contra a mulher”, disse.

A agenda conta com visita de alunos da rede municipal na Casa da Mulher para conscientização através de teatro, entrega de certificado aos integrantes da Guarda Municipal que participaram do curso de formação no enfrentamento à violência contra mulher, atendimento itinerante no bairro Moreninhas, visita do Cônsul Geral da Alemanha na Casa da Mulher, blitz da também Campanha do Laço Branco – Homens pelo Fim da Violência Contra a Mulher, entre outros.

Internacionalmente, a Campanha tem início em 25 de novembro, no Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher e termina em 10 de dezembro de cada ano, dia que se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos. A primeira edição aconteceu em 1991 e desde então conta com a adesão de 160 países.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
MP quer "Lei Seca" e bares fechados às 17h
Cidade
Vídeo: Em entrevista exclusiva ao JD1, prefeito sinaliza que não vai “fechar” a capital
Cidade
Ernesto Geisel será interditada para obras no rio Anhanduí na segunda-feira
Cidade
Vídeo: “Medida amarga, porém necessária”, diz defensor Rombi sobre lockdown na capital
Cidade
AO VIVO – Arara branca incentiva doação de sangue na capital
Cidade
Refis 100% saúde: termina hoje prazo para aproveitar descontos
Cidade
Marquinhos diz que não há necessidade de lockdown
Cidade
Defensoria teria “atropelado” ação por aumento de leitos
Cidade
Defensoria quer “fechar” Campo Grande por 14 dias; saiba porquê
Cidade
Marquinhos diz que, nas blitze, “97% das pessoas estão legais”

Mais Lidas

Esportes
Campo-grandense Éderson, chora ao agradecer apoio da mãe na carreira
Geral
Familiares tem notícias do paradeiro de Dudu após 12 dias desaparecido
Internacional
Vídeo: Homem é resgatado com vida após ficar 16 horas sob escombros, em Beirute
Polícia
Estrangeiros são presos após subornarem militares do Exército