Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Custos da indústria caem 1% no primeiro trimestre, diz CNI

A queda foi puxada pela retração nos custos com bens intermediários

12 junho 2019 - 12h43Joilson Francelino, com informações da assessoria

O indicador de custos industriais diminuiu 1% no primeiro trimestre deste ano, em relação ao quarto trimestre de 2019, na série livre de influências sazonais. Foi a maior queda do indicador desde o segundo trimestre de 2016, conforme diz o estudo divulgado nesta quarta-feira (12), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A queda no custo industrial foi puxada pela retração de 2,7% nos custos com bens intermediários nacionais e importados, usados na fabricação de outros produtos.

De acordo com a CNI, o custo com os bens intermediários domésticos caiu 2,5% no primeiro trimestre do ano, frente ao quarto trimestre de 2019. No mesmo período, o custo com bens intermediários importados recuou 4% devido à valorização do real frente ao dólar. “Um dos grandes impulsionadores da queda dos custos foi o câmbio. A valorização do real no primeiro trimestre fez com que produtos importados ficassem mais baratos e isso se refletiu nos preços dos produtos nacionais”, afirma o gerente-executivo de Pesquisas da CNI, Renato da Fonseca.

Segundo a confederação, os demais custos de produção da indústria aumentaram no primeiro trimestre, em comparação com o quarto trimestre de 2018, na série livre de influências sazonais. O custo com energia subiu 1%, pressionado pelo aumento de 4,6% na energia elétrica. Foi a nona alta consecutiva do indicador. O custo com pessoal subiu 1%. Além disso, o custo tributário aumentou 3,3% e o de capital de giro subiu 2% no primeiro trimestre, frente ao quarto trimestre de 2018, também na série livre de influências sazonais. A queda no Índice de Custos Industriais só ocorreu porque os custos com bens intermediários têm maior peso na estrutura de custos da indústria.

De acordo com a CNI, o estudo mostra que, mesmo com a queda nos custos, a indústria brasileira perdeu competitividade e não conseguiu recompor as margens de lucro. No primeiro trimestre, os preços dos produtos manufaturados no mercado interno caíram 1,1%, acompanhando a retração dos custos. Além disso, os preços, em reais, dos produtos estrangeiros no mercado interno caíram 3,3% no primeiro trimestre frente ao quarto trimestre de 2018, superando com folga a queda dos custos. No mercado externo, os preços em reais dos produtos manufaturados no mercado dos Estados Unidos caíram 2,1%.

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Todos votarão em mim, diz Bolsonaro ao sinalizar reeleição
Brasil
Exposição contínua à tela do computador pode afetar crianças e jovens
Brasil
Jogos de hoje definem próximo adversário do Brasil na Copa feminina
Brasil
Crítico de cinema e comentarista do Oscar, Rubens Ewald Filho morre aos 74 anos
Brasil
Bebê é operado no útero da mãe no interior de SP
Brasil
“Se houve irregularidade eu deixo o cargo”, diz Moro
Brasil
Melhora a confiança do empresário, diz CNI
Brasil
Moro espera que reportagens de site não afetem projeto anticrime
Brasil
Ex-chefe do MPF em MS compõe a lista tríplice para PGR
Brasil
Bolsonaro nomeia primeiro brasileiro à diretor técnico de carreira, na Itaipu

Mais Lidas

Cidade
Confira a lista de habilitados para sorteio de unidades habitacionais na capital
Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Polícia
Pai mata filho de 7 anos após convencê-lo de que brincariam juntos
Polícia
Vídeo: Homem é executado por pistoleiros em oficina