Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
IPVA Grande
Brasil

Por 6 votos a 5, STF impede conduções coercitivas para interrogatório

14 junho 2018 - 16h41Agência Brasil

Por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (14), impedir a decretação de conduções coercitivas para levar investigados e réus a interrogatório policial ou judicial em todo o país.

A decisão confirma o entendimento individual do relator do caso, ministro Gilmar Mendes, que concedeu, em dezembro do ano passado, liminar para impedir as conduções, por entender que a medida é inconstitucional. Também ficou decido que as conduções que já foram realizadas antes do julgamento não serão anuladas.

A Corte julgou definitivamente duas ações protocoladas pelo PT e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A legenda e a OAB alegaram que a condução coercitiva de investigados, prevista no Código de Processo Penal, não é compatível com a liberdade de ir e vir garantida pela Constituição. Com a decisão, juízes de todo o país estão impedidos de autorizar conduções coercitivas para fins de interrogatório.

As ações foram protocoladas meses depois de o juiz federal Sérgio Moro ter autorizado a condução do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para prestar depoimento na Polícia Federal, durante as investigações da Operação Lava Jato. O instrumento da condução coercitiva foi usado 227 vezes pela força-tarefa da operação em Curitiba desde o início das investigações.

Votos

Votaram contra as conduções os ministros Gilmar Mendes, Rosa Weber, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Celso de Mello. Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, e a presidente, Cármen Lúcia, se manifestam a favor.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Ministros vão a Roraima ver situação de imigrantes
Geral
Porta voz de Bolsonaro foi comandante de regimento em MS
Brasil
PRF envia 14 policiais sul-mato-grossenses para o Ceará
Brasil
Primeira agenda de Bolsonaro fora do Brasil será em Davos
Brasil
Condenados por contrabando terão CNH cassada
Geral
"Chuva de aranhas" assusta moradores no sul de Minas
Brasil
Confira a lista dos 38 presidentes da República do Brasil
Brasil
Presos suspeitos de matar bolivianos em São Paulo
Brasil
Paulo Passos autoriza Harfouche a integrar equipe de Bolsonaro
Geral
Investimento de R$ 323 milhões no setor de energia vai beneficiar capital

Mais Lidas

Polícia
Após corte de energia em “região proibida”, dois funcionários são executados
Polícia
Suspeito de matar merendeira já foi preso por morder genitália de vizinha
Geral
“Não compensa”, diz sindicalista sobre tempo integral no governo
Cidade
Motorista de ônibus morre em acidente na BR-163