Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Cidade

Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal

Já são 2,9 milhões de hectares consumidos, segundo o Inpe

30 setembro 2020 - 18h32Matheus Rondon

Passando o dedo pela tela do celular, você já deve ter se deparado com a publicação de um grupo de pessoas que se uniram em prol de arrecadação de alimentos para os animais que foram vitimas do incêndio que destrói o Pantanal. A ação se trata do SOS Animais do Pantanal MS.

Em busca de conhecer um pouco mais do que se trata a ação, o JD1 Notícias conversou com a Jaqueline Larrea, 34 anos, que é uma das organizadoras. Ela nos conta que a ideia de arrecadar os alimentos veio a partir de uma iniciativa que já acontecia em Cuiabá há 30 dias. “Minha irmã, é representante e co-fundadora do grupo È O BICHO MT, eles estão muito engajados nisso, a partir da ação que acontece lá, eu me perguntei o que eu posso fazer aqui, já que o Pantanal é de todos nós”, explica a professora.

Após essa conversa entre irmãs no dia 28 deste mês, mais duas pessoas, também sensibilizadas com a situação, uniram-se a Jaqueline e Jenifer, e fizeram um grupo. “Como minha irmã já tem experiência, fui me orientando com ela, ai eu fiz um grupo para reunião agendada no Google Meet, escrevi um texto e mandei pro pessoal, marcamos a reunião no domingo às 18h, quando começou a nossa reunião, estávamos em cinco, a última vez que olhei a quantidade de membros, estava em 35”, contou.

Jaqueline comemora a realização dessa união de pessoas que não se conhecem, mas possuem a mesma vontade em ajudar os animais. “Nessa reunião já montamos um grupo no Whatsapp, e foi muito importante nós, 4 daqui de campo grande e 1 de Corumbá, conseguimos maravilhosamente fazer essa ponte entre Campo Grande e Corumbá, a minha irmã me instruindo em todos os passos, deu a trilha e a gente tá indo”, explica.

Segundo a integrante do grupo, a ação deve durar pelo menos 3 meses, já que muitos pontos da região não tem nem água para os animais beberem. “Os animais não têm um raminho pra comer, o bichinho sobreviveu ao fogo e agora morre de fome e sede”, lamenta.

Para manter os alimentos refrigerados e evitar que estraguem, o grupo conseguiu um parceiro muito importante nesta causa, a empresa de Suco Prats. “Se não fosse o Luiz que é o dono da empresa, ceder um espaço na câmara fria dele, a gente não ia poder arrecadar isso tudo de alimento, iríamos perder muito”, agradece.

Para deixar as ações do grupo mais transparentes, Jaqueline contou que a equipe é bem organizada, contando com pessoas para gerenciar as redes sociais, financeiro para cuidar do dinheiro de quem prefere fazer doações. “Desse modo temos toda uma transparência com a prestação de contas”, explica.

Entre o dia 1º ou 2 de outubro, deve passar um caminhão da Rota Verdes Brasil por Campo Grande, a equipe passará com duas camionetes que possuem carretas e conseguem transportar até duas toneladas de alimentos arrecadados. “Nesse primeiro momento que estão com equipamentos, não vão conseguir levar todo esse alimento, se já tivermos, já que eles estão levando equipamentos para lá, mas o que for arrecado, será deixado em Corumbá, no posto da Policia Militar Ambiental, a 100 km antes da cidade”, afirmou.

Ao JD1 Noticias, Jaqueline pediu apoio a quem puder ajudar na logística no trajeto de Campo Grande á Corumbá para levar alimentos.

Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com a equipe pelo instagram deles.

Serviço:  Doe alimentos e ajude a salvar vidas

A equipe estará na Rua Brasil nº 1257 no Bairro Monte Castelo, no dia 1° de outubro, das 08h até as 15h.

Podem ser doados os seguintes alimentos:
Maçã, laranja, banana, melancia, abacaxi, mamão, milho, melão, goiaba, caju, chuchu e ovos.

Para doações  em dinheiro, entre em contato com o grupo SOS Animais do Pantanal MS pelo email [email protected] ou outras informações falar com Kely. 9 9243-5009

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Sejusp e Senad realizam leilão para vender 30 lotes de sucatas e veículos
Cidade
Após chuva, caminhão de lixo atola no Noroeste
Cidade
Impresa cria "vakinha online" para ajudar companheiro de pautas
Cidade
Pesquisa vai nortear turismo em Campo Grande
Cidade
Reforma da Orla Morena começará após o período eleitoral
Cidade
Esclarecido! Raio provocou "piscada de luz" em Campo Grande
Cidade
Campanha "Eu Alimento" beneficia oito instituições sociais
Cidade
Protetora de animais vende petiscos para custear tratamentos
Cidade
Advogado que matou militar em acidente será submetido ao Tribunal de Ética da OAB
Cidade
Governo decreta situação de emergência para evitar falta d'água

Mais Lidas

Educação
Governo faz regulamento para renegociação de dívidas com o Fies
Polícia
Família é amarrada com lençóis, fios e coleira de cachorro em roubo de carros em MS
Economia
Saques de recursos do auxílio está disponível para nascidos em novembro
Geral
Justiça do Trabalho retomará audiências presenciais em MS