Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Posto de combustível é autuado por aumento injustificável de preço

Procon/MS visa combater as práticas de abuso ao consumidor, já que a gasolina vendida mais cara foi comprada antes do aumento do imposto

12 fevereiro 2020 - 13h15Sarah Chaves

A alteração repentina no preço de alguns postos de gasolina, levou a Superintendência para Orientação e Defesa  do Consumidor (Procon/MS) a autuar o Posto Ipiranga, localizado na avenida Mato Grosso, entrada para o Carandá Bosque.

De acordo com o superintendente do Procon, o motivo foi o de sempre, pois aumentaram o preço da gasolina, nesta noite, mesmo tendo 10 mil litros no tanque de reservatório comprado antes do aumento do imposto. “Isso é abusivo, um aumento injustificável”, explicou Marcelo Salomão.

Segundo Salomão, o preço da gasolina subiu de R$ 4,19 na noite de ontem para R$ 4,39 na manhã de hoje. “O estoque do posto é de 10 a 20 mil litros, quando da noite pro dia eles aumentam o preço culpando o aumento do imposto, porém ele não comprou esse combustível já com o aumento do imposto, essa gasolina foi comprada com data anterior, e o posto leva vantagem e o consumidor apanha”, defendeu o superintendente do Procon.

O posto foi autuado e notificado, sendo que tem 10 dias para apresentar defesa. O delegado de policia da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo (Decon), acompanhou a operação e vai abrir inquérito.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Prefeitura vai prorrogar “Refis da Saúde” até dia 20
Cidade
MP quer "Lei Seca" e bares fechados às 17h
Cidade
Vídeo: Em entrevista exclusiva ao JD1, prefeito sinaliza que não vai “fechar” a capital
Cidade
Ernesto Geisel será interditada para obras no rio Anhanduí na segunda-feira
Cidade
Vídeo: “Medida amarga, porém necessária”, diz defensor Rombi sobre lockdown na capital
Cidade
AO VIVO – Arara branca incentiva doação de sangue na capital
Cidade
Refis 100% saúde: termina hoje prazo para aproveitar descontos
Cidade
Marquinhos diz que não há necessidade de lockdown
Cidade
Defensoria teria “atropelado” ação por aumento de leitos
Cidade
Defensoria quer “fechar” Campo Grande por 14 dias; saiba porquê

Mais Lidas

Polícia
Homem é preso ao ser flagrado com arma roubada de guarda municipal
Esportes
Covid-19: final em Minas é suspensa Uberlândia identificar 13 infectados
Saúde
ERRATA: Enfermeiro luta contra o coronavírus na capital
Cidade
Prefeitura vai prorrogar “Refis da Saúde” até dia 20