Menu
Busca quinta, 19 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Tjms Maio22
Cidade

Primeira quadra do Reviva Campo Grande é liberada para tráfego

O trecho recebeu os serviços de infraestrutura, como rede de água, drenagem, esgoto, telefonia e tubulação para rede elétrica

18 outubro 2018 - 07h39Da Redação com Assessoria

Nesta quarta-feira (17), a primeira quadra que recebeu intervenção do Programa Reviva Campo Grande, na 14 de Julho, entre a Fernando Corrêa da Costa e 26 de Agosto, foi liberada para tráfego. O trecho recebeu os serviços de infraestrutura, como rede de água, drenagem, esgoto, telefonia e tubulação para rede elétrica. Todavia, a liberação do tráfego não quer dizer que a quadra foi finalizada, já que os trabalhos continuam.

A previsão da Engepar é de trabalhar até meados de novembro para liberar as quadras para o funcionamento normal do comércio no período das festas de fim de ano. Em janeiro, as obras retornam normalmente.

“As obras seguem seu ritmo normal, dentro do planejado e, assim, conseguiremos cumprir o combinado com os lojistas, de liberar o trânsito para as festas e promoções de final de ano, para retomarmos em janeiro. Até final de novembro, estará concluída boa parte das obras enterradas e ao retomarmos os trabalhos, ano que vem, será num ritmo ainda mais forte. Por isso reafirmo: não abandonem o Centro. Continuem prestigiando os lojistas do Centro e aproveitem para visitar e conhecer a obra”, declarou o engenheiro da Engepar, Carlos Clementino.

Como vai ficar 

A primeira quadra começa a tomar a forma definitiva prevista no Projeto Reviva Campo Grande, com duas pistas de rolagem, duas pistas de estacionamento e alargamento da calçada. As pistas e o estacionamento já estão prontos e as calçadas ainda serão finalizadas no período noturno, para não atrapalhar o comércio. Segundo a Engepar, a execução das calçadas deve começar ainda neste ano.

A finalização dos trabalhos ocorre no ano que vem, já que ainda serão executados o piso fuget, paisagismo, com o plantio de 200 árvores, instalação de mobiliário urbano e de câmeras de monitoramento. A requalificação prevê a modernização e implantação das seguintes infraestruturas: gás natural; rede de hidrantes; Wi Fi e CFTV; iluminação pública, sinalização viária e modernização semafórica.

A execução das infraestruturas das redes de energia elétrica e de telefonia, com fiação subterrânea, já foram finalizadas na primeira quadra. Porém, a conversão das mesmas se dará somente no ano que vem.

Energisa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Tempestade deixou mais de 40 bairros da Capital sem luz
Cidade
Paulo Ricardo comete gafe ao citar Campo Grande em MT, não em MS
Cidade
Atenção: Obras interditam cruzamentos na área central neste fim de semana
Cidade
Aeródromo Santa Maria registra média de seis operações por noite
Cidade
Aprovados em processos seletivos na área da educação são convocados
Cidade
Funsat itinerante encerra ação serviços sociais no Itamaracá
Cidade
MP abre inquérito contra Flexpark
Cidade
Interdição na Rui Barbosa altera 26 linhas de ônibus nesta semana
Cidade
Parque dos Poderes: Lombadas eletrônicas começam a aplicar multas hoje
Cidade
Atenção: Lombadas do Parque dos Poderes serão ativadas a partir de amanhã

Mais Lidas

Polícia
Detento é encontrado morto em cela no presídio da Gameleira
Política
Luiz Renato é o novo secretário de Fazenda de MS
Geral
Mulher pede ajuda em bar e é socorrida com hipotermia na Capital
Interior
Furioso, marido morde e arranca parte de orelha de esposa