Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Cultura

Coleção conta a história do Estado sob olhar sul-mato-grossense

22 junho 2010 - 10h00Notícias MS

A história do Estado está sendo resgatada com a publicação da coleção “Documentos para a história de Mato Grosso do Sul”. A segunda caixa com três livros, contendo reedições de originais publicados pela primeira vez no início do século XX e na década de 50, será lançada nesta quinta-feira, dia 24, às 14h30, no Museu de Arqueologia, localizado no primeiro andar do Memorial da Cultura.

As obras, de grande valor científico e cultural, são consideradas raras pelo conteúdo apresentado, pela antiguidade e número de publicações existentes. “Esta coleção está selecionando livros e documentos impressos que são de fundamental importância para a escrita da história de Mato Grosso do Sul sob um olhar sul-mato-grossense”, diz o historiador e professor da Universidade Federal (UFMS), Gilson Rodolfo Martins, que integra a comissão de organizadores da coleção, da qual também fazem parte os professores Paulo Roberto Cimó Queiroz e Valmir Batista Corrêa, além do secretário de Fazenda do Estado, Mário Sérgio Lorenzetto. Para o professor, a disponibilidade bibliográfica sobre o Estado foi feita sob o olhar paulista e mato-grossense e a coleção se propõe a mostrar um outro contexto do momento vivido.

A primeira caixa foi lançada no final de maio e também contém três livros: “Anais do Descobrimento, Povoação e Conquista do Rio de La Plata”, do espanhol Ruy Diaz de Guzman; “Oeste – Ensaio sobre a grande propriedade pastoril”, de Nélson Werneck Sodré e “Pantanais Mato-Grossenses”, do cuiabano Virgílio Correa Filho.

Segundo lançamento

O primeiro volume intitulado “Jesuítas e Bandeirantes no Itatim”, de Jaime Cortesão, reúne documentos dos séculos XVII e XVIII sobre a bacia platina. A obra escrita por um historiador português, que trabalhava na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, apresenta fundamentos que levaram a configuração atual do território brasileiro. A primeira publicação aconteceu em 1951 e depois desta data não foi mais reeditada.

“Oeste de São Paulo, Sul de Mato-Grosso” é o título do segundo volume, de autoria de Miguel Arrojado Ribeiro Lisboa. O geólogo e pesquisador realizou estudos na região no final do século XIV e início do século XX para fundamentar projetos de implantação da rede ferroviária do Brasil Central. As pesquisas de Miguel Arrojado reforçam as potencialidades de ferro e manganês em Corumbá e calcário na Serra da Bodoquena. A edição original é de 1909.

O terceiro volume, escrito por Mário Monteiro de Almeida, tem como título “Episódios históricos da formação geográfica do Brasil”. A obra apresenta uma visão panorâmica da história de Mato Grosso e foi escrita na década de 50. O autor era consultor jurídico do antigo Estado de Mato Grosso e realizou o levantamento de documentos históricos referentes à origem territorial da região para solucionar pendências jurídicas da época.

Outras obras

De acordo com Gilson Martins, já está sendo finalizado pela comissão organizadora o conceito que vai nortear a escolha dos outros três volumes que vão compor a terceira caixa da coleção. Também será editado um volume especial com mapas históricos que vão apresentar delimitações territoriais de Mato Grosso do Sul, a partir de representações cartográficas. “A intenção é fazer um atlas histórico”, diz o professor, com a recuperação de mapas antigos e a inclusão de outros mais novos, que serão editados em ordem cronológica. “Os mapas mostram as mudanças de nome dos territórios e mudanças demográficas dos índios das antigas aldeias para as cidades atuais”, completa Martins.

(Notícias MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Shopping comemora Dia Mundial do Teatro com apresentações escolares
Cultura
Semana musical do Sesc apresenta Solosolar e Odon Nacasato
Cultura
Bacalhau ou chocolate?
Cultura
Neste domingo artesanatos feitos em presídio são comercializados na Exporã
Cultura
Sesc Cultura tem literatura, circo, cinema e exposição na programação
Cultura
Em duas semanas, Top Circo leva mais de mil pessoas a espetáculo
Cultura
Sesc Morada tem samba, rock e MPB nas noites de happy hour
Cultura
Noite cultural na Esplanada Ferroviária lança semana do artesão
Cultura
Sesc Cultura terá estúdios de pintura e cerâmica
Cidade
Paróquia São José comemora 70 anos com quermesse e noite italiana

Mais Lidas

Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Polícia
Corpo sem cabeça é encontrado em estado de decomposição
Polícia
Trabalhadores encontram corpo no rio Anhanduí
Geral
Porto Murtinho se tornará o maior polo exportador de MS