Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Cultura

Espetáculo de dança 'Maria, Madalena' acontece hoje no Aracy

25 julho 2013 - 12h01Com informações da assessoria
Hoje (25), às 20h, o Conectivo Corpomancia realiza o espetáculo de dança contemporânea “Maria,Madalena” no teatro Aracy Balabanian, no Centro Cultural José Octávio Guizzo, em Campo Grande/MS. A apresentação, que aborda as questões do feminino na sociedade atual, integra a programação do Projeto Cena Som, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. Após a sessão haverá um debate sobre o tema com as psicólogas Cris Duarte e Lika Rodrigues.

“Maria, Madalena”, por meio da estética aberta da dança contemporânea, trata das questões do feminino e questiona os polos vividos pela mulher na sociedade atual. O espetáculo foi construído como uma experiência coletiva sobre o que é ser mulher nos dias de hoje por meio das próprias convivências, afetos, desejos, relações, limites e diferenças de suas criadoras.

A construção começou quase como uma brincadeira. Miriam Gimenes e Roberta Siqueira, ex integrantes do primeiro elenco da Ginga Companhia e Dança, depois de 17 anos, se desafiaram a voltar a dançar no palco. A proposta era romper uma barreira raras vezes superada em Mato Grosso do Sul, onde a carreira dos bailarinos costuma terminar muito cedo.

Chico Neller, diretor e coreógrafo residente da Ginga Companhia de Dança, a Cia. mais expressiva do estado, foi convidado a dirigir o espetáculo com seu olhar meticuloso. Franciella Cavalheri, intérprete-criadora do Conectivo Corpomancia, entrou para fazer a intercessão entre os polos Maria e Madalena. Durante o processo de criação, Miriam engravidou e foi substituída por Letícia Toralles, também ex integrante da Ginga. O espetáculo estreou em setembro de 2011 como parte do projeto Palco Giratório do Sesc.

Em 2012, “Maria, Madalena” passou por uma remontagem com a saída de Letícia e entrada de Ana Maria Rosa, integrante do Conectivo Corpomancia e ex bailarina da Ginga. O novo formato foi apresentado no décimo terceiro Festival de Inverno de Bonito e na Bienal de Teatro no MS, Cena Agora. Em 2013, o espetáculo ganhou uma nova contribuição importante – a co-direção de Diógenes Antônio, coreógrafo experiente e também ex integrante da Ginga.

A trilha musical foi feita pelo jovem compositor e pianista Bruno Piazza, que participou da gravação do DVD Multishow Ao Vivo da cantora Maria Gadú, compôs trilhas para alguns filmes e em 2012 lançou CD em parceria com o músico Pedro Altério.

Ingressos
Os ingressos custam R$ 15 e R$ 7,50 (meia). Podem ser comprados antecipadamente na livraria Le Parole, rua Euclides da Cunha, 1126 e no Movimente Espaço de Danças, rua Brigadeiro Tobias, 956 – Taquarussu ou na hora, na bilheteria do teatro.
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Primeiro monumento restaurado, “O Aprendiz” é entregue nesta segunda
Cultura
Quem é? Músico de MS ganha cesta básica e tenta vendê-la nas redes sociais
Cultura
Beraldo no Beat lança "Promíscuo" em clima de romance intenso; assista
Cultura
Prefeitura retoma "Arte no Paço" com exposição "Pensa Mente"
Cultura
Começa hoje o evento virtual do Projeto Quatro Estações

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio