Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Feira Artesão Livre começa nesta segunda-feira, na capital

A exposição tem como objetivo divulgar o trabalho artesanal produzido no interior das unidades penais

10 dezembro 2018 - 10h59Da Redação

A nona edição da Feira do Artesão Livre – Edição Especial de Natal – será realizada nos dias 10 e 11 de dezembro no Centro Integrado de Justiça (Cijus), e 13 e 14 de dezembro no átrio do Fórum Central da Capital, a partir das 14h. A Feira acontece por meio de uma parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Poder Judiciário, Ministério Público e Conselho da Comunidade de Campo Grande.

A exposição tem como objetivo divulgar o trabalho artesanal produzido no interior das unidades penais, bem como realizar a sua comercialização, valorizando o esforço da pessoa encarcerada em sua recuperação para o retorno ao convívio social. Toda a renda dos trabalhos será revertida ao próprio custodiado e a sua família. Na quinta-feira, a abertura será realizada no Fórum Central de Campo Grande e contará com a apresentação musical da banda Ressocializandos, formada por internos do Centro de Triagem.

O diferencial desta edição é que terá a participação de um ex-interno, que já colaborou em edições anteriores e atualmente se encontra com tornozeleira eletrônica, mas continuará divulgando seu trabalho na Feira com as pinturas em telas, biojoias e grafite em cerâmica. Além disso, confeccionou um painel de fotos com exposição dos trabalhos já desenvolvidos e que hoje se tornou sua profissão e a forma de sustento, dentre eles, a customização de veículos e pintura de muros em grafite.

Conforme o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, o intuito do projeto é aproximar a sociedade de algumas atividades laborais desenvolvidas nos presídios do Estado. “Isso incentiva os reeducandos a aprimorar suas habilidades manuais, além do vislumbre de uma profissão digna e geradora de renda”, complementa o dirigente.

A exposição reunirá peças exclusivas, entre tapetes, esculturas, quadros, crochê, arte em tecidos, etc., confeccionadas por detentos do Instituto Penal de Campo Grande, Presídio de Segurança Máxima, Centro de Triagem, Presídio de Trânsito e Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi. A novidade é que peças confeccionadas por reeducandas do Presídio Feminino de regime semiaberto de Campo Grande, da Penitenciária Masculina de Dois Irmãos do Buriti e do Estabelecimento Penal Masculino de Aquidauana também estarão participando da exposição.

O Centro Integrado de Justiça (Cijus) está localizado na rua 7 de Setembro, 174 - Centro. E o Fórum de Campo Grande se encontra na rua da Paz, 14 - Jardim dos Estados.

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Teatro de Sombras estreia essa semana
Cultura
Espetáculo “Dores do Mundo” será apresentado nesta segunda, na Praça dos Imigrantes
Cultura
Prefeitura lança o “julho das pretas” neste sábado
Cultura
Brasileiros fazem descoberta que pode mudar história da humanidade
Cultura
Pai da bossa nova, João Gilberto morre aos 88 anos
Cultura
Sectur abre inscrições para desfile no aniversário de Campo Grande
Cultura
Almir, Isaac e Espíndola recebem “Doutor Honoris Causa” em julho
Cultura
Banda Seven Four faz o show "Divas" no Sesc
Cultura
Unidos da Vila Carvalho lança Enredo para Carnaval 2020
Cultura
Sesc terá oficina e cineminha no sábado

Mais Lidas

Polícia
Família encontra adolescente que estava desaparecida
Polícia
Família busca por jovem desaparecida há tres dias na capital
Educação
Desligamento de professores da educação especial preocupa pais
Polícia
Homem é morto a tiros dentro de casa enquanto fumava narguilé