Menu
Busca terça, 22 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Cultura

Feira Artesão Livre começa nesta segunda-feira, na capital

A exposição tem como objetivo divulgar o trabalho artesanal produzido no interior das unidades penais

10 dezembro 2018 - 10h59Da Redação

A nona edição da Feira do Artesão Livre – Edição Especial de Natal – será realizada nos dias 10 e 11 de dezembro no Centro Integrado de Justiça (Cijus), e 13 e 14 de dezembro no átrio do Fórum Central da Capital, a partir das 14h. A Feira acontece por meio de uma parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Poder Judiciário, Ministério Público e Conselho da Comunidade de Campo Grande.

A exposição tem como objetivo divulgar o trabalho artesanal produzido no interior das unidades penais, bem como realizar a sua comercialização, valorizando o esforço da pessoa encarcerada em sua recuperação para o retorno ao convívio social. Toda a renda dos trabalhos será revertida ao próprio custodiado e a sua família. Na quinta-feira, a abertura será realizada no Fórum Central de Campo Grande e contará com a apresentação musical da banda Ressocializandos, formada por internos do Centro de Triagem.

O diferencial desta edição é que terá a participação de um ex-interno, que já colaborou em edições anteriores e atualmente se encontra com tornozeleira eletrônica, mas continuará divulgando seu trabalho na Feira com as pinturas em telas, biojoias e grafite em cerâmica. Além disso, confeccionou um painel de fotos com exposição dos trabalhos já desenvolvidos e que hoje se tornou sua profissão e a forma de sustento, dentre eles, a customização de veículos e pintura de muros em grafite.

Conforme o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, o intuito do projeto é aproximar a sociedade de algumas atividades laborais desenvolvidas nos presídios do Estado. “Isso incentiva os reeducandos a aprimorar suas habilidades manuais, além do vislumbre de uma profissão digna e geradora de renda”, complementa o dirigente.

A exposição reunirá peças exclusivas, entre tapetes, esculturas, quadros, crochê, arte em tecidos, etc., confeccionadas por detentos do Instituto Penal de Campo Grande, Presídio de Segurança Máxima, Centro de Triagem, Presídio de Trânsito e Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi. A novidade é que peças confeccionadas por reeducandas do Presídio Feminino de regime semiaberto de Campo Grande, da Penitenciária Masculina de Dois Irmãos do Buriti e do Estabelecimento Penal Masculino de Aquidauana também estarão participando da exposição.

O Centro Integrado de Justiça (Cijus) está localizado na rua 7 de Setembro, 174 - Centro. E o Fórum de Campo Grande se encontra na rua da Paz, 14 - Jardim dos Estados.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Prefeitura abre seleção para atuação em projeto cultural da reme
Cultura
Skank realiza show na Capital no dia 10 de novembro
Cultura
TVE retransmite entrevista em homenagem a Ivo de Souza neste domingo
Cultura
Scalise expõe arte sustentável no Bosque dos Ipês
Cultura
Apresentação marca os 12 anos do Coral Municipal de Sidrolândia
Cultura
De Luan a Almir, Zezé fala do seu encanto pela música de MS
Cultura
"Seresteiros" ocorrerá nesta quarta na Praça dos Imigrantes
Cultura
Zezé e Reinaldo lançam festival que terá, ainda, Paralamas e Diogo Nogueira
Cultura
Zezé Di Camargo e Luciano farão abertura de Festival América do Sul 2019
Cultura
Cantora de MS supera obstáculos na carreira e lança novo álbum

Mais Lidas

Geral
Cenas fortes - Vídeo mostra uma pessoa queimada em queda de avião
Geral
Pires da Moreninha I é flagrado com 273 produtos incomercializáveis
Internacional
Vídeo - MC Gui debocha de menina com câncer e CNA Três Lagoas cancela show
Justiça
Coluna social vira argumento do MP contra HC de Jamil