Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Cultura

Incontornáveis em breve temporada

10 abril 2011 - 07h22Assessoria
O espetáculo ‘Incontornáveis, – um teatro de incoerência e horror’-, ocorre nos dias 16 e 17 de abril no Teatro Prosa do Sesc Horto, às 20h.

Ao entrar na cena do espetáculo o público se depara com uma fábrica de mutilações, onde os atores serão amostras dessa fábrica de horror, não o horror que sugere terror, mas o horror (a violência) cotidiana que todos são submetidos às vezes sem perceber, e estarão sujeitos a se identificar.

O teatro não obedece a uma seqüência teórica, lógica de cenas e pensamentos, trabalha com a fragmentação do individuo através das cenas.

Exige um posicionamento da platéia diante do que esta vendo, de reflexão e crítica, onde a incoerência da proposta reina em diversos momentos.

Em junho de 2010 estreou ‘Incontornáveis – Um teatro de incoerência e horror’ que é o último trabalho do grupo, foi financiado pelo Premio Myriam Muniz 2008, é o primeiro espetáculo de uma seqüência de três trabalhos onde o grupo tem como objeto de pesquisa o ‘Teatro de Incoerência’.

No final de 2011 o grupo fará a estréia do segundo trabalho de Rua “Propin’s Day – Um teatro de incoerência política”, trabalho que contará com o financiamento da Lei de Fomento ao Teatro de Campo Grande ‘FomTeatro’.

E em 2012 encerra a trilogia com a estréia do espetáculo para espaço alternativo intitulado “Religare– Um teatro de incoerência sacra e profana”. Com isso o grupo irá trabalhar a incoerência dos três temas e da pesquisa que o grupo se propõe, usando em cada espetáculo uma linguagem diferente.

E que resultará na publicação de um caderno de ensaio sobre o processo de pesquisa dos três espetáculos.

Dinâmica do Teatro

Incontornáveis desde sua estréia passou por diversas modificações, como o espetáculo se propõe a fazer um dialogo em tempo real com a sociedade cada apresentação é uma dinâmica, a maior delas é a modificação do elenco que estreou com três atores e agora está com dois atores, dentre varias modificações como cenário, figurinos e a própria dramaturgia. “As pessoas que já tiveram a oportunidade de assistir vão se deparar com um espetáculo totalmente modificado, essa é a proposta de pesquisa do grupo obedecendo a filosofia do teatro que é uma obra inacabada que permite modificações e lapidação sempre que necessário”, afirma o diretor Vitor Hugo Samudio.

Serviço: Apresentação dia 16 e 17 de abril (sábado e domingo)

O teatro fica na rua Anhanduí, 200, centro. Mais informações: www.mercadocenico.com.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Cidade
Acidente entre caminhão e carreta mata uma pessoa na BR-262
Política
Campanha das eleições municipais começa neste domingo
Polícia
Festa com mais de cem acaba na delegacia
Geral
Vídeo: Fogo no Nabileque consome até ponte