Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Incontornáveis em breve temporada

10 abril 2011 - 07h22Assessoria
O espetáculo ‘Incontornáveis, – um teatro de incoerência e horror’-, ocorre nos dias 16 e 17 de abril no Teatro Prosa do Sesc Horto, às 20h.

Ao entrar na cena do espetáculo o público se depara com uma fábrica de mutilações, onde os atores serão amostras dessa fábrica de horror, não o horror que sugere terror, mas o horror (a violência) cotidiana que todos são submetidos às vezes sem perceber, e estarão sujeitos a se identificar.

O teatro não obedece a uma seqüência teórica, lógica de cenas e pensamentos, trabalha com a fragmentação do individuo através das cenas.

Exige um posicionamento da platéia diante do que esta vendo, de reflexão e crítica, onde a incoerência da proposta reina em diversos momentos.

Em junho de 2010 estreou ‘Incontornáveis – Um teatro de incoerência e horror’ que é o último trabalho do grupo, foi financiado pelo Premio Myriam Muniz 2008, é o primeiro espetáculo de uma seqüência de três trabalhos onde o grupo tem como objeto de pesquisa o ‘Teatro de Incoerência’.

No final de 2011 o grupo fará a estréia do segundo trabalho de Rua “Propin’s Day – Um teatro de incoerência política”, trabalho que contará com o financiamento da Lei de Fomento ao Teatro de Campo Grande ‘FomTeatro’.

E em 2012 encerra a trilogia com a estréia do espetáculo para espaço alternativo intitulado “Religare– Um teatro de incoerência sacra e profana”. Com isso o grupo irá trabalhar a incoerência dos três temas e da pesquisa que o grupo se propõe, usando em cada espetáculo uma linguagem diferente.

E que resultará na publicação de um caderno de ensaio sobre o processo de pesquisa dos três espetáculos.

Dinâmica do Teatro

Incontornáveis desde sua estréia passou por diversas modificações, como o espetáculo se propõe a fazer um dialogo em tempo real com a sociedade cada apresentação é uma dinâmica, a maior delas é a modificação do elenco que estreou com três atores e agora está com dois atores, dentre varias modificações como cenário, figurinos e a própria dramaturgia. “As pessoas que já tiveram a oportunidade de assistir vão se deparar com um espetáculo totalmente modificado, essa é a proposta de pesquisa do grupo obedecendo a filosofia do teatro que é uma obra inacabada que permite modificações e lapidação sempre que necessário”, afirma o diretor Vitor Hugo Samudio.

Serviço: Apresentação dia 16 e 17 de abril (sábado e domingo)

O teatro fica na rua Anhanduí, 200, centro. Mais informações: www.mercadocenico.com.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
3º Festival Gastronômico da Bom Pastor tem início nesta sexta
Cultura
Formação da sociedade sul-mato-grossense é tema de Ciclo de Palestras na capital
Cultura
Esplanada Cultural tem início nesta sexta-feira
Cultura
Capital terá mais de 20 eventos em comemoração aos 120 anos; confira
Cultura
Advogada de MS lança livro sobre defesa de adolescentes
Cultura
“Arte no Meu Bairro” leva Grupo Tradição ao Coophavila neste sábado
Cultura
Feira Central terá música ao vivo toda quarta
Cultura
CineFórum abre incrições na 2° edição do evento
Cultura
Reinaldo abre Festival de Inverno de Bonito nesta quinta
Cultura
Marcos e Belluti abrem o Festival do Sobá, em Campo Grande

Mais Lidas

Polícia
Rapaz de 18 anos é preso após dormir com namorada de 11 anos
Geral
Servidor público comete suicídio com cinto
Brasil
Vídeo mostra momento em que sequestrador é executado pelo BOPE
Polícia
Antes de suicídio, PM desabafa em carta de despedida