Menu
Busca segunda, 18 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Livro sobre Reforma Tributária será lançado nesta terça-feira

Lançamento do livro acontece no auditório da OAB

02 outubro 2018 - 15h10Da Redação com Sindifisco-MS

Acontece nesta terça (2), o lançamento do livro Reforma Tributária Necessária: Diagnóstico e Premissas. A publicação que reúne o trabalho de mais de 40 especialistas traz informações e análises profundas sobre questões relacionadas ao sistema tributário brasileiro. Além de elencar diretrizes para uma reforma tributária solidária.  

Para o presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Mato Grosso do Sul (Sindifisco-MS), Ronaldo Vielmo, é preciso corrigir as distorções do sistema tributário a fim que os impostos pesem menos no consumo, atingindo principalmente os mais pobres e o orçamento das famílias.

“A publicação reúne artigos com uma profunda análise do sistema tributário e traz ao debate propostas para tornar o modelo mais solidário. É um verdadeiro convite para o debate. Queremos apresentar argumentos que não estão em pauta para que a sociedade discuta democraticamente e possa mudar esse modelo atual de tributação regressiva, onde os que ganham mais pagam menos e aqueles com menor renda pagam mais impostos”, pontuou o presidente.

O presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), Charles Alcantara estará presente no lançamento, que será realizado no auditório da OAB situado na avenida Mato Grosso, 4.682, às 17h30.

Livro

O Brasil possui um sistema tributário regressivo levando o país para uma situação de desigualdade econômica e social. Diante desse quadro, as diversas propostas de Reforma Tributária que estão em debate são insuficientes, porque não enfrentam as anomalias do sistema.

E através de uma iniciativa da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) e da Fenafisco, que contou com a colaboração do Dieese, resultou na produção de um amplo e profundo estudo sobre o sistema tributário brasileiro. O estudo completo teve a participação de mais de 40 especialistas coordenados pelo economista Eduardo Fagnani.

Além de diversas informações e análises profundas sobre questões relacionadas ao sistema tributário brasileiro, o livro indica oito diretrizes para uma reforma tributária solidária, que são:

– Ser pensada na perspectiva do desenvolvimento;

– Ser adequada ao propósito de fortalecer o Estado de bem-estar social em função do seu potencial como instrumento de redução das desigualdades sociais e promotor do desenvolvimento nacional;

– Avançar no sentido de promover a sua progressividade pela ampliação da tributação direta;

– Avançar no sentido de promover a sua progressividade pela redução da tributação indireta;

– Reestabelecer as bases do equilíbrio federativo;

– Considerar a tributação ambiental;

– Aperfeiçoar a tributação sobre o comércio internacional;

– Fomentar ações que resultem no aumento das receitas, sem aumentar a carga tributária.

Ainda conforme os autores do livro, uma Reforma Tributária Solidária tem como premissa reduzir os impostos sobre o consumo, que afeta tanto trabalhador e a classe média, e aumentar os impostos sobre as grandes riquezas.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Sesc Morada dos Baís terá primeiro grito de Carnaval
Cultura
Unidos da Vila Carvalho homenageia os 50 anos da comunidade em desfile
Cultura
Sesc Cultura terá sessões de cinema com produções de MS
Cultura
Carnaval é lançado oficialmente na sexta-feira
Cultura
Capital sedia festival de Rock 100% dedicado à música autoral local
Cultura
Desfile das escolas de samba será dia 4 e 5 de março
Cultura
Completando 26 anos, bloco “As Depravadas” pede muito amor nesse carnaval
Cultura
Mara Caseiro assume a Fundação Cultura
Cultura
Sesc Cultura tem oficina de audiodescrição e sessão inclusiva de cinema
Cultura
Semana musical do Sesc começa com o samba de Luiz Café

Mais Lidas

Polícia
Desaparecimento de jovem ainda é um mistério para a polícia
Saúde
Câncer de ovário tem sintomas discretos e pode evoluir rapidamente
Geral
PM e PF apreendem contrabando de celulares avaliado em R$ 3 milhões
Geral
Boechat morreu de politraumatismo, aponta laudo do IML