Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Atleta de MS disputará a Copa do Brasil de Taekwondo no Rio

Será a última participação de Luiz Felipe na categoria cadete, em 2019 o jovem passa para a categoria juvenil

05 dezembro 2018 - 16h55Da redação

O jovem Luiz Felipe de Almeida Aquino viajou para o Rio de Janeiro na manhã desta quarta-feira (5) para disputar a Copa do Brasil de Taekwondo. O rapaz que foi acompanhado do seu mestre e técnico Fábio Costa, está em busca de 15 pontos no Ranking Nacional da Modalidade.

A competição ocorrerá na Arena da Juventude, no complexo Olímpico de Deodoro, na cidade do Rio de Janeiro. Os competidores de várias categorias, como infantil, cadete, juvenil, sub-21, adulto e máster vão para o tatame entre os dias 6 e 9 de dezembro.

Luiz participa da sua última competição neste ano, e também será a última participação na categoria cadete (12 a 14 anos), pois em 2019 o jovem passa para a categoria juvenil. Luiz vai ao Rio em busca da classificação para os eventos nacionais e internacionais na nova categoria.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Handebol é a nova videoaula disponível para manter treinos em casa
Esportes
Ex-técnino de seleção, Vadão é internado devido à complicações de câncer
Esportes
Futebol na Alemanha reinicia neste sábado
Esportes
Coronavírus: Fifa cancela cerimônia de entrega do prêmio Melhor do Ano
Esportes
Coronavírus - “Não está nem no pico e muito menos diminuindo”, diz Mandetta
Esportes
Guanandizão terá jogos internacionais de vôlei após pandemia, diz Governo
Esportes
Dia do goleiro é celebrado por times de todo o mundo
Esportes
Pré-olímpico de handebol masculino é remarcado para março de 2021
Esportes
Mundial de Vôlei de Praia é adiado para 2022
Esportes
Evento na Serra da Bodoquena é adiado

Mais Lidas

Geral
Filho de vereadora morre após passar mal em futebol
Cidade
Com a pandemia, mil trabalhadores já foram demitidos na rodoviária, alerta sindicato
Justiça
MPF pede arquivamento de inquérito contra Adélio por facada em Bolsonaro
Polícia
Após chamar Caio de “resto de incêndio”, Renatto fala em brincadeira diz estar arrependido