Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Esportes

Carrinho, briga e gol; Pato tem 'noite especial' no Morumbi

10 abril 2014 - 11h53Via Terra
"Fazer um gol no Morumbi é especial." Foi dessa forma que Alexandre Pato definiu sua estreia no estádio pelo São Paulo nessa quarta-feira, em jogo que teve direito a tudo: desde "briga" em que o atacante se envolveu ainda no início do atleta com a camisa 11 tricolor e até um carrinho dado pelo jogador em um lance, atitude que surpreendeu a torcida são-paulina que compareceu em bom número nas arquibancadas - 28 mil pessoas. A equipe da casa derrotou o CSA por 3 a 0 e avançou na Copa do Brasil.

No lance do gol, aos 20min do primeiro tempo, Maicon tabelou com Luis Fabiano e enfiou para Pato na área. O camisa 11 só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro Pantera e fazer o primeiro com a camisa tricolor. Na comemoração, pulou as placas de publicidade e desabafou, apontando para a torcida instalada nos anéis superiores do Morumbi e batendo a mão com força no símbolo do clube.

"Mérito do Maicon, meu trabalho é empurrar. Nos treinamentos estava focado, mas ainda tem 45 minutos e muito tempo para jogar aqui ainda. Estou satisfeito com a recepção que recebemos, pessoal tem conversado comigo, e até acabar hoje preciso acabar com uma noite especial, ganhar e sair com a vitória. Jogo para meus companheiros, minha família, e preciso trabalhar bastante. Fazer um gol no Morumbi é especial", disse Pato no intervalo.

A "noite especial" de Pato, por outro lado, não começou bem. Marcado de maneira dura por Léo Bahia, o camisa 11 viu o rival lhe dar uma intimada logo aos 2min de partida. O rival pegou o são-paulino pelo braço e lhe deu um empurrão com força, e o lance só não terminou em briga pela tranquilidade do atacante, que preferiu sair andando sem olhar para trás. Minutos depois, Alexandre abriria o placar no Morumbi.

O camisa 11 continuou demonstrando vontade ao longo da partida. Sofreu, só na etapa inicial, três faltas, e continuou sendo caçado ao longo do segundo tempo. Chegou até a perder gol no início, depois de bela jogada de Osvaldo pela esquerda que terminou com conclusão por cima de Pato, quase na pequena área. Mas se redimiu com a torcida depois de roubada de bola em carrinho no campo de ataque. No fim, ainda abraçou efusivamente o companheiro de ataque Luis Fabiano, que deixou sua marca duas vezes - uma delas, inclusive, em assistência de Alexandre.

O gol desta quarta não foi, contudo, o primeiro de Pato no estádio. Em 2013, pelo Campeonato Paulista, por exemplo, o jogador havia deixado sua marca no Morumbi, mas com a camisa do arquirrival Corinthians. Com direito até a lance polêmico: o camisa 11 havia levado um chute do goleiro Rogério Ceni e viu o árbitro marcar pênalti. Na cobrança, aos 43min do segundo tempo, bateu com tranquilidade, deu a vitória ao clube alvinegro por 2 a 1 e fez sinal de silêncio na comemoração.

Depois, voltou ao estádio pela semifinal estadual e novamente deixou sua marca. Desta vez, o gol foi nas cobranças alternadas de pênalti e não é computado em termos estatísticos. Após empate por 0 a 0 no tempo normal, o Corinthians avançou à decisão depois de triunfar nas penalidades e foi campeão. Esse foi o último jogo do atleta no Estádio do Morumbi contra o São Paulo pelo time do Parque São Jorge. De onde, aliás, saiu sem deixar saudades. Mas, ao menos por essa quarta, parece que pode fazer diferente com a camisa tricolor.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados
Esportes
Campeonato Brasileiro de Handebol acontece de 03 a 07 de setembro em MS
Esportes
MS recebe Campeonato Brasileiro de Handebol neste fim de semana e feriado
Esportes
Primeiro ouro de parataekwondo da história vai para brasileiro
Esportes
Brasil enfrenta Chile pelas Eliminatórias da Copa do Catar
Esportes
Yeltsin Jacques quebra recorde e conquista o 100º ouro do Brasil em Paralimpíadas

Mais Lidas

Vídeos
Vídeo: Corna arrasta 'Ruivinha' pelos cabelos após descobrir traição
Geral
Mãe lamenta morte de jovem que bateu em caçamba de entulhos
Geral
Abandonada por amigos em deserto, brasileira morre de fome e sede
Polícia
Idoso de 68 anos toma muito 'azulzinho' e morre em motel